'Em Japeri tem talento': como uma das regiões mais pobres do RJ forma jovens campeões de golfe

A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo
Como uma das regiões mais pobres do RJ forma jovens campeões de golfe

Jair Medeiros era garçom quando, no início dos anos 90, foi convidado a trabalhar como caddie - o carregador de tacos e bolinhas no campo de golfe - nos fins de semana, "para ganhar uns dólares de gringos".

Logo, estaria trabalhando ao lado de Vicky Whyte, golfista de longa data e uma das principais dirigentes do esporte no país.

Da amizade entre os dois surgiu o primeiro campo público de golfe no Brasil, o Japeri Golfe Clube, que vem mudando a cara do esporte no país e formando campeões.

"Eu só tinha visto golfe em um desenho do Pica-Pau em que ele dá uma tacada", lembra Jair, que foi com amigos de Japeri fazer um curso de caddie para trabalhar no Gávea Golfe Clube nos fins de semana.

"Fomos todos aprovados", lembra.

Mais do que carregar, os amigos de Japeri se entusiasmaram pelo esporte.

Image caption Jair Medeiros comandou um grupo em busca de lugar para praticar golfe em Japeri
Image caption Vicky Whyte, golfista de longa data e uma das principais dirigentes do esporte no país, ajudou a funda o campo público de golfe

Mas, no Gávea Golfe Clube, que tem entre seus frequentadores a alta elite carioca, eles só podiam praticar às segundas-feiras pela manhã, quando as dependências estão fechadas a sócios.

Image caption Breno Domingos pensou em jogar futebol, mas escolheu o golfe

Jair comandou um grupo em busca de um lugar para praticar. Depois de serem "expulsos a paus e pedras" de áreas rurais vazias em Japeri, os caddies tiveram a ideia de pedir ao prefeito do município um terreno para o esporte - e para uma escolinha.

"Não adiantava ser só para a gente, tinha que formar novos jogadores".

O prefeito aceitaria, contanto que Jair trouxesse "seus amigos ricos" do Rio de Janeiro, para atrair investimentos para a cidade. Afinal, sete localidades de Japeri têm os piores índices de Desenvolvimento Humano do Estado do Rio de Janeiro.

"Jair veio a mim e disse: 'Preciso que você vá a Japeri convencer o prefeito a doar um terreno para um capo público de golfe'", lembra Vicky, cuja família ajudou a formalizar o esporte no Brasil. "Eu pensei: Meu Deus, mas é tão longe".

Encontro realizado, a dupla conseguiu o terreno e montou o Japeri Golfe Clube, que formou alguns dos melhores atletas brasileiros em categorias de base.

"Nosso objetivo é formar cidadãos, em primeiro lugar", sublinha Jair.

"Para estar aqui, as crianças têm de estar na escola", acrescenta Vicky.

Image caption Vitória Monteiro sonha em se profissionalizar no esporte

O Japeri Golfe completa este ano dez anos de atividade e atende a cerca de 120 alunos por ano.

A história de Jair Medeiros faz parte da série 'Heroes', da BBC Brasil. A série conta a história de heróis muitas vezes pouco conhecidos do esporte. Brasileiros que não apenas superaram obstáculos pessoais por meio do esporte, como também usam hoje a prática esportiva para transformar vidas ao seu redor. A série, em texto e em vídeo, começou a ser publicada em português pela BBC Brasil e será também veiculada em inglês pela BBC World TV e BBC Sports e em diversas outras línguas pelo Serviço Mundial da BBC.

Veja também outros episódios da série Heroes.

‘Disputava comida com urubus’: o homem que transformou favela em potência do badminton

Image caption No badminton, a inusitada mistura de samba e das passadas dos atletas faz sucesso entre as crianças e ajudou o desempenho do país no esporte

'Mãe, cuida dessas crianças': mulher supera assassinato de filho ensinando corrida em bairro violento de SP

Image caption Neide Silva tirou força de dificuldades da vida e hoje ajuda mulheres e crianças em bairro violento de São Paulo

A surpreendente dívida de gratidão de um traficante com um instrutor de skate

Image caption Sandro Testinha acredita que o skate foi um fator que o afastou da rota do crime

Tópicos relacionados