Conheça Bigode, o taxista cantor do Rio

A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo
Conheça Bigode, o taxista cantor do Rio

O cliente paga a carona e leva de lambuja a cantoria.

Assim é a corrida com o taxista Cosme Gonzaga, o Bigode - o taxista cantor mais querido do Rio de Janeiro.

"Desde pequeno eu gosto de cantar, aí como taxista sempre canto. Quando era motorista particular, eu cantava. Cantava quando eu ia pra casa. Então, a galera gostava e ficou assim", disse ele à BBC.

Image caption Bigode: 'Desde pequeno eu gosto de cantar, aí como taxista sempre canto'

"Tem que cantar para não chorar."

Image caption O taxista diz gostar de música desde pequeno: 'Tem que cantar para não chorar'

Gonzaga emigrou da Paraíba para o Rio nos anos 1980. Veio fugindo da seca e não imagina voltando para a terra natal quase 40 anos depois.

"Na minha infancia eu trabalhava na fazenda de um coronel. Tirando leite de gado, trabalhando na roça", contou.

"Eu sou gêmeo, era o Cosme e Damião. Só que meu irmão se foi, Deus levou."

Image caption Há mais de 40 anos no Rio, Bigode não pensa em voltar para sua terra natal

Pelas ruas da sede olímpica, o Bigode segue alegrando a vida dos passageiros que pega. O bom humor normalmente cai bem com os clientes, ele diz.

"Ás vezes, meus colegas ficam chateados, porque eles querem vir comigo", diz.

Essa reportagem faz parte da série Hidden Rio - Rio Escondido, produzida pela BBC Brasil em inglês para o BBC World Service, que revela alguns dos extraordinários e menos conhecidos aspectos da cidade-sede dos Jogos 2016.

Vídeo-reportagem e edição: Gibby Zobel, do Rio de Janeiro

Tópicos relacionados