Convivência entre idosos e crianças ajuda a combater solidão e efeitos da violência na Cidade de Deus
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Convivência entre idosos e crianças ajuda a combater solidão e efeitos da violência na Cidade de Deus

A Casa Emilien Lacay transformou-se em um ponto de encontro diário entre gerações da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio.

O centro de acolhimento de idosos também funciona como uma creche, e ali, os mais velhos ajudam por duas horas por dia a cuidar dos mais novos, em uma rotina de troca de carinho que ajuda a atenuar a solidão de quem está na terceira idade e os efeitos da violência sobre quem ainda está só começando a vida.

"Há crianças que já perderam irmãos, idosos que já perderam sobrinhos e filhos na violência, que infelizmente perpassa para a realidade de cada família que a gente atende", explica Márcia Bógea, coordenadora da casa.

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram que a sensação maior de insegurança de Alzira tem fundamento. Em 2018, ano em que militares assumiram a segurança pública do estado do Rio, uma pessoa foi morta a cada três dias, em média, na região da 32ª DP, que abrange a Cidade de Deus.


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!