BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Saúde & Tecnologia
25 de junho, 2002 - Publicado às 16h15 GMT
Análise: os estragos que uma bomba radioativa pode causar
A arma poderia deixar regiões inabitáveis
A arma poderia deixar regiões inabitáveis

David Whitehouse, editor de Ciência da BBC

A bomba radioativa, conhecida como "bomba suja", é o tipo de arma que pode ser construída quando não há capacidade para se construir uma arma nuclear convencional.

Os estragos provocados pela arma seriam grandes, podendo atingir pessoas localmente e causar pânico na população em geral.

A "bomba suja", que nunca foi usada em ataques, seria composta de explosivos convencionais como o TNT, adicionados a materiais radioativos.

Estes materiais radioativos poderiam ser obtidos por terroristas ilegamente, a partir de usinas nucleares.

Saúde

A liberação de material radioativo em uma grande cidade, por exemplo, poderia trazer conseqüências graves para a saúde das pessoas que tiveram contato direto com o material.

Dependendo da quantidade de material radioativo e de explosivos na "bomba suja", os estragos poderiam ser trágicos.

As pessoas indiretamente atingidas pela "bomba suja" também necessitariam de tratamento porque o material radioativo tem alcance extremamente eficaz.

A ameaça do uso de armas de potencial destruição em massa não é novidade.

Em 1995, uma arma química, o gás sarin, foi usado no metrô de Tóquio, no Japão. O pânico gerado pelo ataque foi mais uma prova de como as autoridades estão despreparadas para lidar com este tipo de arma.

Os efeitos de uma arma nuclear seriam ainda mais dramáticos e difíceis de medir.

A região atingida pela arma teria que permanecer de quarentena e inabitável durante anos, e pessoas que tiveram contato com a radiação precisariam ser monitoradas pelo resto de suas vidas, sob o risco de sofrerem de doenças como o câncer, induzidas pelos elevados níveis de radiação.

Na última década, foram registrados 175 casos de terrorismo ou incidentes envolvendo a procura ou a tentativa de uso de material radioativo.

Especula-se até hoje que uma grande quantidade de material radioativo foi perdida após o colapso da União Soviética, que produzia armas nucleares durante a Guerra Fria.

No ano passado, três lenhadores na Geórgia, que fazia parte da ex-União Soviética, ficaram gravemente doentes depois de descobrirem uma usina de material radioativo abandonada nas florestas da região.

Alternadamente, material nuclear pode ser roubado de hospitais e de centros de pesquisas espalhados pelo mundo.

Um estudo realizado recentemente nos Estados Unidos mostra que americanos que trabalham com materiais nucleares simplesmente perderam o paradeiro de mais de 1.500 amostras de material nuclear desde 1996.

Em janeiro, um relatório foi divulgado mostrando que, logo após os atentados de 11 de setembro, o governo de George W. Bush pôs a Nest, agência que cuida da produção de materiais nucleares no país, em alerta máximo buscando indícios de possíveis uso e produção de armas nucleares no país.

Desde que foi estabelecida, em 1975, a Nest já verificou 100 denúncias do potencial uso de armas nucleares para terrorismo. Todas foram alarmes falsos.
 
   PNEUMONIA
Tire suas dúvidas sobre a Síndrome Respiratória Aguda Grave.
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias do dia por e-mail.







Notícias relacionadas:
29 de abril, 2002
  EUA pressionam Rússia sobre cortes nucleares
04 de março, 2001
  Em imagens: A batalha dos ambientalistas na Alemanha contra o lixo nuclear
Links externos:
Governo dos Estados Unidos (em inglês)
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC