BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Saúde & Tecnologia
29 de julho, 2002 - Publicado às 09h42 GMT
'Sem tabaco, seria difícil sobreviver', diz produtor
A família Ziebel, produtora de fumo no Sul
A família Ziebel, produtora de fumo no Sul

Isabel Murray, de São Paulo

A propriedade rural de Edemar Ziebel fica no pequeno município de Vera Cruz, no Rio Grande do Sul, o Estado que mais produz tabaco no Brasil.

A pequena propriedade, de 12 hectares, é um exemplo típico das plantações de fumo no país. Além de Edemar, de 35 anos, trabalham ali também a sua mulher e a sua sogra.

Edemar tem três filhos, de 13, 10 e 3 anos de idade. Ele afirma que só as crianças não trabalham. Sua vida é difícil, mas o produtor acredita que seja a melhor alternativa.

"O fumo proporciona um lucro maior que as outras culturas", diz Edemar Ziebel. "Vai produzir milho por hectare, você não consegue manter uma família, uma estrutura. A cultura do tabaco te dá bastante mão-de-obra, mas dá um retorno financeiro melhor."

Rotina

Clique aqui para ler a especial "O Cigarro em Julgamento"

O produtor segue a mesma rotina há 18 anos. A semeadura dos canteiros de fumo começa em maio e é feita pelos três adultos da família.


Edi Walvenbittel lida com o fumo desde criança
Às vezes são necessários dois diaristas. De setembro a fevereiro, acontece o trabalho pesado de manutenção e terração, quando normalmente mais oito pessoas trabalham com a família Ziebel.

"São plantados 120 mil pés nessa propriedade que a gente tem", diz Edemar. "Dá um rendimento de dez a 16 arrobas por mil pés, depende do clima. De um ano correndo bem, a gente tira uma produção razoável. A safra deste ano foi vendida por um preço médio de R$ 43 a arroba."

O trabalho é pesado, feito pela mulher e pela sogra de Edemar, sem reclamar. Leoni Ziebell, de 32 anos, diz que trabalha com o fumo desde solteira.

A sua mãe, Edi Walvenbittel, é filha de alemães e tem 70 anos. Lida com o fumo desde criança e afirma não estar cansada.

"O que se vai fazer?", pergunta Edi. "Tem que trabalhar para sobreviver."

Campanhas

A família Ziebel está consciente de toda a campanha antitabagismo feita pelo Ministério da Saúde, o que causa preocupações quanto ao futuro.


Edemar Ziebel questiona as campanhas antifumo
"Se não vendesse mais o tabaco, iria ficar muito difícil nossa sobrevivência, a vida da gente na pequena propriedade. A gente teria que partir para um emprego, o que é muito difícil hoje. Para nós seria um desastre", argumenta Edemar.

A idéia de partir para outro tipo de cultivo não anima muito o agricultor. "Eu iria precisar de financiamento adequado para o produtor. Mas precisa ter mais terra disponível para plantar."

Ele diz que a campanha antitabagismo é injusta. "As principais famílias daqui não conseguem sobreviver sem o tabaco", afirma Edemar.

"Eu não consigo entender como produtor, porque só falam do que o tabaco causa. Só que ninguém nunca fala da bebida alcoólica. Eu acho que tudo que é em excesso faz mal."

Edemar Zeibel não fuma e diz que terá de aceitar se um dia um dos seus filhos adquirir o hábito.

Clique aqui para ler a especial "O Cigarro em Julgamento"
 
   PNEUMONIA
Tire suas dúvidas sobre a Síndrome Respiratória Aguda Grave.
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias do dia por e-mail.







Notícias relacionadas:
29 de julho, 2002
  Produtores dizem que dependem do fumo para viver
29 de julho, 2002
  Setor defende o seu produto e ataca o contrabando
29 de julho, 2002
  Indústria visa jovens para substituir consumidores
29 de julho, 2002
  Mulheres fumantes somam 12 milhões no Brasil
29 de julho, 2002
  Cigarro resiste a anos de leis e campanhas no Brasil
Links externos:
Associação dos Fumicultores do Brasil
Associação Internacional dos Produtores de Tabaco (em inglês)
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do RS
Instituto Nacional de Câncer
Associação Brasileira da Indústria do Fumo
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC