BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Saúde & Tecnologia
25 de dezembro, 2002 - Publicado às 00h40 GMT
Cientistas dos EUA têm nova teoria sobre evolução humana
Ancestrais africanos teriam cruzado com outros povos
Ancestrais africanos teriam cruzado com outros povos

A teoria de que a humanidade é descendente de uma população que partiu da África há aproximadamente 100 mil anos e que tomou o lugar de populações locais está sendo questionada por cientistas americanos.

Os pesquisadores chegaram a uma nova teoria ao coletarem dados do Projeto Genoma Humano – consórcio formado por centros de pesquisa nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha que visa mapear a evolução genética da humanidade.

"Os dados que coletamos sugerem que os pioneiros da espécie humana que saíram da África há 80 mil anos não se limitaram a substituir populações locais em outras partes do mundo", afirmou Henry Harpending, da Universidade do Utah, nos Estados Unidos, que liderou os pesquisadores.

"Há sinais de que houve cruzamento entre espécies nesse período", acrescentou o cientista. Estudos genéticos mais antigos davam conta de que uma população de origem africana que passou por um processo de rápida expansão substituiu todas as outras civilizações em diferentes regiões.

Mutações

Os pesquisadores comandados por Henry Harpending estudaram pequenas mutações no DNA humano, conhecidas como poliformismos nucleotídicos.

Ao analisarem quando se deu a aparição dessas mutações, os cientistas puderam estimar o período aproximado em que ocorreu a ascenção e e o declínio de ancestrais humanos em diferentes partes do mundo.

A maior parte dos cientistas mundiais concordam que os primeiros ancestrais do homem atual partiram da África há cerca de 1,8 milhão de anos e conquistaram novas terras.

O consenso termina quando se trata de determinar o que aconteceu em seguida. A teoria mais divulgada é a de que um segundo e bem mais recente êxodo africano teria substituído todas as populações locais em outras regiões.

Alguns cientistas e antropólogos, no entanto, defendem a tese multiregional. Por essa teoria, nem todas as populações locais foram substituídas pelos ancestrais africanos.

Os defensores dessa tese acreditam que as populações locais – de regiões como a atual Europa, por exemplo – teriam se miscigenado com os hominídeos vindos da África.

Dúvidas

Ao comentar a pesquisa, Chris Stringer, chefe da divisão de Origem Humana do Museu de História Natural de Londres, lembrou que nos últimos anos a teoria da evolução multiregional havia sido questionada devido a novas descobertas, em sua maioria genéticas, que provariam que as diferentes espécies teriam em comum a origem africana.

"Agora, a questão é se todos saímos da África ou apenas a maior parte de nós", afirmou Stringer.

"Esta nova pesquisa sugere que aconteceram alguns cruzamentos, mas, como os próprios autores reconhecem, esses cruzamentos podem ter ocorrido em dose limitada. O que realmente aconteceu continua sendo uma pergunta sem resposta", acrescentou o cientista.
 
   PNEUMONIA
Tire suas dúvidas sobre a Síndrome Respiratória Aguda Grave.
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias do dia por e-mail.







Links externos:
Univerdiade do Utah (site oficial, em inglês)
Proceedings of the National Academy of Scientists (site oficial, em inglês)
Revista científica 'Journal of Human Evolution' (site oficial, em inglês)
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC