Macacas ensinam filhotes a passar 'fio dental', diz estudo

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

As macacas de uma colônia na Tailândia ensinam seus filhotes a limpar os dentes usando fios de cabelo humano ou outros materiais parecidos, segundo observaram cientistas da Universidade de Kyoto, no Japão.

A descoberta comprova a teoria de que primatas são capazes de mostrar aos mais novos como usar "ferramentas".

"Fiquei surpreso porque o ensino de técnicas de uso correto de apetrechos era uma habilidade atribuída apenas a humanos", disse Nobuo Masataka, professor do Instituto de Pesquisas de Primatas da Universidade de Kyoto, que chefiou o estudo.

Segundo a mídia japonesa, ele e seus colegas observaram um grupo de 250 macacos-caranguejeiros durante o mês de fevereiro de 2008, em uma área a 150 km de Bangcoc, na Tailândia.

Os especialistas se concentraram em sete fêmeas que tinham filhotes com idades em torno de 1 ano, para verificar quantas vezes elas limpavam os dentes e por quanto tempo.

Os cientistas descobriram que este tempo dobrava se os bebês estivessem de frente para as mães, e que elas também exageravam seus gestos.

"Era impressionante ver que os filhotes prestavam atenção no ato das macacas", disse Masataka.

Ele lembra, no entanto, que o estudo ainda está em fase inicial.

"Agora gostaríamos de nos concentrarmos nos bebês e verificar se o ato das mães estão realmente os ajudando a aprender a limpar seus dentes", afirmou o cientista japonês.

Há pelo menos dez anos, já se sabia que algumas espécies de macacos são capazes de recolher cabelo humano e usá-los como fio dental.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.