BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado em: 07 de julho, 2003 - 10h36 GMT (07h36 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Exercícios pélvicos funcionam como o Viagra, diz estudo
 
 
 
Contração de músculos seria forma mais natural para resolver problemas sexuais
Exercícios dispensariam remédios no combate à impotência

Exercícios pélvicos podem ser tão eficientes quanto o Viagra no combate à impotência, segundo um estudo feito pela University of the West of England, em Bristol, na Inglaterra.

"Exercícios pélvicos melhoram a função erétil de uma forma física, mais natural", afirma a fisioterapeuta Grace Dorey, responsável pelo estudo e especialista em incontinência.

As mulheres já são orientadas a fazer esse tipo de exercício há mais de 50 anos a fim de prevenir problemas como incontinência urinária.

O aparelho pélvico é uma rede de músculos sustentados pelo intestino e pela bexiga e os exercícios recomendados consistem em contrair os músculos que uma pessoa usa quando faz força para não urinar.

Mais controle

A prática regular desses exercícios manteria a tônus muscular da região pélvica, prevenindo problemas ligados à falta de controle desses músculos, como a impotência, a ejaculação precoce e a incontinência urinária.

A equipe de cientistas da universidade de Bristol estudou os casos de 55 homens com uma média de 59 anos de idade e que haviam tido problemas de ereção por pelo menos seis meses.

Os homens, todos pacientes de um só hospital, faziam cinco séries semanais de exercícios pélvicos e eram orientados a repeti-los diariamente em casa.

O grupo foi avaliado pela primeira vez depois de três meses do início da experiência e, novamente, aos seis meses.

Os cientistas verificaram que 40% dos homens – alguns dos quais sofriam de severa disfunção erétil – se recuperaram completamente enquanto outros 35% sentiram alguma melhora.

Os resultados foram confirmados pela Associação contra a Impotência, da Grã-Bretanha.

"Os exercícios parecem fortalecer os músculos que existem ao redor do pênis e melhorar a irrigação de sangue na pélvis, o que é um fator importante na disfunção erétil", afirmou um porta-voz da organização.

Além disso, dois terços dos pacientes disseram que os problemas que tinham para urinar diminuíram significativamente depois que eles começaram a fazer os exercícios.

Mas os pesquisadores sustentam que os homens não devem esperar os problemas surgirem para começar a fazer os exercícios pélvicos.

"Homens deveriam fazer exercícios preventivos. É usar ou perder (os músculos pélvicos)", afirma Grace Dorey.

Segundo ela, os homens deveriam começar a fazer esses exercícios na fase da puberdade.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade