BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 25 de novembro, 2003 - 11h16 GMT (09h16 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Cientistas usam ecstasy para tratar trauma pós-estupro
Pílulas de ectasy
O ectasy ainda é uma droga ilegal
 

A droga ectasy vai ser usada em experiências médicas envolvendo pacientes que sofrem de estresse pós-traumático, como o vivido por pessoas que foram vítimas de crimes como estupro.

A aprovação final já foi dada para esses testes, que serão realizados na Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

O ecstasy, cujo princípio ativo é chamado MDMA, foi originalmente criado como um instrumento para ajudar a emagrecer, mas se tornou ilegal quando começou a ser intensamente usado de forma recreacional pela geração de clubbers a partir dos anos 80.

Os testes, que vão examinar os efeitos da droga em vítimas traumatizas por certos crimes, entre eles o estupro e o abuso sexual, deverão começar depois do Ano Novo.

Controvérsia

O uso terapêutico do MDMA é polêmico. Muitos especialistas acreditam que já existem maneiras melhores de ajudar pessoas a se tratar de estresse pós-traumático.

Os estudos dos efeitos a longo prazo do consumo do ecstasy também indicam que a droga pode ter efeitos nocivos à saúde, apesar de isso ainda não ter sido completamente comprovado.

A droga funciona ao aumentar os níveis de serotonina no cérebro.

A serotonina é um importante regulador de humor, e os usuários do ectasy muitas vezes dizem sentir uma sensação de calma, amor e empatia em relação a outras pessoas.

Remédios

Rick Doblin, que está conduzindo a pesquisa, disse ao jornal britânico The Guardian que gostaria de tornar o MDMA um remédio a ser ministrado com receita médica. "Claro que há riscos, mas acredito que eles são administráveis."

Doblin acredita que os efeitos do ectasy podem ser benéficos para as pessoas que sofrem de distúrbios de estresse violentos pois podem promover a "catarse", uma liberação de emoções que o paciente pode achar difícil de ter durante uma terapia tradicional.

John Henry, do Imperial College, em Londres, que pesquisa os efeitos tóxicos das drogas recreacionais, diz que não vê razão por que o MDMA não pode ser usado como remédio.

"Nós temos a heroína médica, a cocaína médica e agora teremos o ectasy usado para fins medicamentosos", disse Henry.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade