BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 31 de dezembro, 2003 - 04h52 GMT (02h52 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Substância proibida nos EUA já é controlada no Brasil
 

 
A Ephedra é um dos muitos remédios para dietas que sofrem pouco controle nos Estados Unidos
Obesidade é um sério problema nos Estados Unidos
 

A Agência Americana de Drogas e Alimentos (FDA, na sigla em inglês) determinou nesta terça-feira a retirada do mercado do suplemento alimentar efedra, usado em dietas e como energético.

No Brasil, o suplemento já estava sujeito a uma lei de 1969 que proíbe o uso, em remédios, de qualquer planta com propriedades médicas que não tenha sido especificamente autorizada. Nos Estados Unidos, tais plantas não sofrem controle prévio.

Uma portaria emitida pelo Ministério da Saúde em 1998 também classificou um subproduto da efedra – a efedrina – como substância que pode ser usada para produzir “entorpecentes e/ou psicotrópicos” e determinou a venda apenas com receita médica de todos os remédios que a contém.

“Se alguém tenta registrar um remédio fitoterápico (feito a partir de plantas ou produtos naturais no Brasil), o produto tem de passar pelos mesmos testes e exames que outro remédio qualquer”, disse o presidente da Agência de Vigilância Sanitária do Brasil (Anvisa), Cláudio Maierovitch.

Controle

Nos Estados Unidos, ao contrário, produtos desse tipo não precisam de aprovação prévia da FDA antes de serem colocados no mercado.

Oficialmente, a proibição do produto nos Estados Unidos entra em vigor daqui a 60 dias, mas a agência aconselhou os consumidores a parar de tomar a efedrina imediatamente.

“Os dados analisados mostram poucas evidência da eficiência da efedra, a não ser para perda de peso por um curto prazo, ao mesmo tempo em que aumenta a pressão e prejudica o sistema circulatório”, informou a FDA.

A agência baseou sua resolução em pesquisas sobre as reações de mais de 16 mil usuários à substância.

“Estas reações podem estar consideravelmente ligadas a efeitos negativos à saúde, como problemas cardíacos e derrames”, concluiu a FDA.

Há 62 produtores registrados de medicamentos que utilizam a efedra nos Estados Unidos.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade