BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 08 de setembro, 2004 - 11h12 GMT (08h12 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Estátua de Davi tem sérios problemas de postura, diz especialista
 
Davi, de Michelangelo
Figura da escultura teria dores nas costas e problema no quadril
A estátua de Davi, de Michelangelo, está longe de ser um exemplo de perfeição física como se pensava. Pelo contrário, a postura da estátua, que completa 500 anos nesta quarta-feira, é um desastre completo.

Essa é a opinião do pioneiro da técnica de correção postural Pilates, Alan Herdman. Ele afirma que Michelangelo pode ter sido um gênio artístico, mas que tinha menos noções sobre boa postura e o funcionamento do corpo do que as pessoas hoje em dia.

De acordo com Herdman, a postura da figura retratada na escultura faria com que ela tivesse dores nas costas e um lado do quadril mais fraco que o outro.

"A pélvis dele está totalmente errada, voltada para a frente e apoiada em um só quadril. Além disso, o lado direito está torto", afirma Herdman.

"Quando estiver na privacidade do banheiro de sua casa, tente reproduzir essa postura e você verá que ela não não é nada agradável", comentou o especialista.

Da cabeça aos pés

Herdman afirma ainda que uma observação mais pormenorizada da estátua revela que ela tem dedos ligeiramente tortos e que por conta disso os músculos do pé esquerdo devem ser fracos.

Vista por trás, a postura da estátua também é condenada por Herdman. "As nágegas do lado direito não são suficientemente fortes porque, como ele se apóia nos quadris, a distribuição do peso pelo corpo é totalmente errada."

O único elogio feito pelo pioneiro da técnica Pilates é em relação às pernas de Davi, que ele diz serem boas, mas Herdman acrescenta que os tornozelos são fracos.

Quanto à flexibilidade, Herdman afirma que a escultura tem "a flexibilidade de uma estátua de marfim de 500 anos de idade".

Um estudo recente da escultura também demonstrou que ela possui um certo grau de estrabismo.

Mas os cientistas que fizeram a descoberta disseram que os olhos desencontrados de Davi foram uma forma deliberada de Michelangelo de realçar a aparência da figura quando vista por diferentes lados.

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
LINKS EXTERNOS
 
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade