http://www.bbcbrasil.com

15 de dezembro, 2004 - 16h57 GMT (14h57 Brasília)

Número de PCs pode dobrar até 2010, diz pesquisa

O número de computadores pessoais deve dobrar até 2010 para 1,3 bilhão, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira.

Os analistas da Forrester Research calculam que o aumento será puxado pelo crescimento do consumo em mercados emergentes como China, Rússia e Índia.

Mais de 30% de todos os novos PCs vão ser vendidos para estes mercados. Só na China isso vai significar mais 178 milhões de unidades até 2010, segundo o estudo.

Os analistas também acreditam que o comércio de PCs vai ser dominado pelas empresas locais que vão produzir computadores a preços mais baixos.

Fusão

A pesquisa foi divulgada menos de uma semana após IBM, a pioneira na produção de PCs, vender sua divisão de hardware para a maior empresa de computadores da China, a Lenovo.

O negócio de US$ 1,7 bilhões vai transformar a fusão entre IBM e Lenovo na terceira maior produtora de PCs do mundo.

No momento, existem no mundo 575 milhões de PCs.

De acordo com os analistas da Forrest Research, Estados Unidos, Europa e os países da região Ásia-Pacífico devem ter juntos 150 milhões de novos PCs em 2010.

Os analistas também calculam que 80 milhões de PCs vão estar disponíveis na Índia em 2010. Já os indonésios teriam 40 milhões de novos computadores no mesmo período.