70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 17 de junho, 2006 - 13h48 GMT (10h48 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Cérebro reduz 'neurose' com a idade, diz estudo
 
As pessoas ficam mais "suaves" à medida em que envelhecem e passam por emoções negativas, tornando-se menos neutóricas do que os adolescentes, segundo um estudo publicado na última edição da revista científica Journal of Neuroscience.

A pesquisa comparou imagens do funcionamento do cérebro de pessoas entre 12 e 79 anos e descobriu que a estabilidade emocional continua a aumentar, mesmo depois dos 70 anos.

O estudo, realizado na Universidade de Sydney, vai contra a crença de que o funcionamento do cérebro se reduz com a idade.

Um total de 242 homens e mulheres saudáveis foram submetidos a exames de ressonância magnética e tiveram a atividade elétrica do cérebro monitorada enquanto reagiam a imagens de expressões faciais com diferentes emoções.

Neuróticos

Traços de neurose foram se reduzindo com o avanço da idade - com o grupo de 12 a 19 anos mostrando-se o mais neurótico, e o grupo de 50 a 79 anos o menos neurótico.

Quando viam imagens de rostos com diferentes expressões, os mais jovens reconheciam melhor os que demonstravam medo e tinham dificuldade de identificar alegria.

As imagens do cérebro das pessoas estudadas também mostraram que a área pré-frontal do cérebro fica mais ativa quando processa emoções negativas, do que quando processa emoções positivas.

Os resultados indicam que as pessoas mais velhas têm mais controle sobre as respostas do cérebro a emoções negativas, do que os mais jovens.

Segundo o pesquisador Leanne Williams, que chefiou o estudo no Brain Dynamics Centre, do Westmead Millennium Institute em Sydney, "estes resultados trazem novas evidências de que o bem-estar emocional aumenta através de sete décadas de duração da vida humana".

 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Modo de crescer do cérebro 'explica inteligência'
02 de abril, 2006 | Ciência & Saúde
Esteróides danificam cérebro de ratos, diz estudo
27 de fevereiro, 2006 | Ciência & Saúde
Nova técnica identifica Alzheimer em estágio inicial
25 de fevereiro, 2006 | Ciência & Saúde
Mentirosos compulsivos têm cérebro diferente, diz estudo
30 de setembro, 2005 | Ciência & Saúde
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade