BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 15 de agosto, 2006 - 15h44 GMT (12h44 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Filme original do pouso na lua está perdido
 
Buzz Aldrin na lua
A Nasa gravou imagens com maior qualidade do que vistas na TV
Foi iniciada uma busca para encontrar o filme original da gravação dos primeiros passos do homem na lua.

A gravação da equipe da Apolo 11 pousando na lua é um dos artigos mais importantes do século 20.

Acredita-se que a fitas estejam no arquivo do Centro Espacial Goddard, da Nasa, em Maryland, Estados Unidos.

Porém, como muitos dos envolvidos no arquivamento das fitas originais mudaram de profissão, aposentaram-se ou morreram, sua localização exata foi perdida.

Cópia da cópia

A gravação vista por pessoas de todo o mundo é considerada uma cópia da cópia, segundo o jornal Daily Telegraph.

Ela foi feita por uma câmera que gravou a transmissão de um monitor preto-e-branco. Porém, os astronautas enviaram uma gravação de mais qualidade à terra - vista por um pequeno número de pessoas em três estações de recepção.

Para garantir com que a transmissão chegasse à terra, as imagens enviadas pelos astronautas foram gravadas em 10 quadros por segundo e tiveram de ser convertidas para 60 quadros por segundo para ser transmitidas na televisão.

Neste processo, muitos detalhes foram perdidos.

Stan Lebar, de 81 anos, foi responsável pelas imagens da Apolo 11. Ele disse que o que ele viu estava tão embaçado que no início ele achou que algo tinha dado errado.

"Achávamos que tinha dado algum problema para fazer o conversor funcionar direito", disse ele.

História

"O que foi transmitido ao mundo não chegou perto da qualidade do que foi recebido", afirmou John Sarkissian, do observatório CSIRO Parkes, na Austrália, uma das três estações de recepção que gravaram as imagens originais antes de enviá-las a Houston da forma convertida.

Apesar de as fitas não serem compatíveis com o padrão das transmissões normais, ainda assim elas seriam melhores do que o vídeo existente hoje, principalmente se for processado com tecnologia digital.

Um grupo de cientistas e veteranos da Nasa - incluindo Lebar e Sarkissian - está caçando a gravação nos arquivos da Nasa.

Acredita-se que as fitas tenham sido enviadas ao Arquivo Nacional dos Estados Unidos, antes de ser devolvidas à Nasa, que as guardou no Centro Espacial Goddard, em Maryland.

"Eu só acho que é isto que acontede quando você tem uma grande burocracia governamental que funciona década após década", disse Keith Cowing, editor do website Nasa Watch.

"Não é intencional, mas acho que é triste o fato de a Nasa não ter mais uma pessoa cujo trabalho seja cuidar de sua história."

Um porta-voz da Nasa disse: "Estamos tentando encontrá-las por meio da papelada produzida naquela época, mas faz 35 anos, então este é o desafio."

 
 
PlutãoPlutão
Cientistas discutem se o 'planeta gelado' é mesmo um planeta.
 
 
Wilson Fernandes da Silva Bela vista
Jornalista será o primeiro turista brasileiro no espaço.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Discovery encerra missão com pouso seguro na Flórida
17 de julho, 2006 | Ciência & Saúde
Ônibus espacial Discovery é lançado ao espaço
04 de julho, 2006 | Ciência & Saúde
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade