BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 31 de outubro, 2006 - 15h05 GMT (12h05 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Elefantes reconhecem própria imagem no espelho
 
Elefante
Elefantes entram para "elite cognitiva"
Os elefantes têm a capacidade de reconhecer sua própria imagem no espelho, de acordo com um estudo americano.

Até agora, esse tipo de reação só tinha sido observada em seres humanos, nos grandes primatas e nos golfinhos nariz-de-garrafa.

O estudo, realizado pelo Centro Nacional Yerkes de Pesquisa de Primatas, da Universidade americana de Emory, analisou o comportamento de três elefantes asiáticos em frente a um espelho de grandes proporções (2.5 por 2.5 metros).

Um dos animais, a elefanta Happy, passou no clássico teste da marca na testa, usado para avaliar o reconhecimento de imagem em crianças e macacos.

Ela tocou o “X” pintado em sua testa com a tromba repetidas vezes. A marca só podia ser vista pela elefanta através do espelho.

Happy ignorou uma outra marca, feita com tinta transparente para garantir que ela não estava reagindo apenas à sensação ou ao cheiro da substância.

Elefante Happy
Happy passou no teste do "X"

Os outros elefantes não passaram nesse teste, mas também deram sinais de reconhecimento de sua imagem, inspecionando, por exemplo, dentro de suas bocas.

Os animais também levaram comida para ser consumida em frente ao espelho.

"A complexidade social do elefante, seu conhecido comportamento altruísta e, claro, seu enorme cérebro fizeram dele um candidato lógico para o teste em frente ao espelho”, disse Joshua Plotnik, da Universidade Emory.

Outro animal

Vários animais reagem ao reflexo em espelhos, mas poucos mostram indicações de que sabem que se trata de suas próprias imagens refletidas.

Cães, por exemplo, reagem ao "outro cachorro" e muitas vezes procuram o que acreditam ser outro animal atrás do espelho.

"Os elefantes já tinham sido testados antes, mas os estudos haviam usado espelhos relativamente pequenos e fora do alcance dos animais", disse Plotnik.

"Esse estudo é o primeiro a testar os animais em frente a enormes espelhos que eles podiam tocar, esfregar e inspecionar."

Segundo Frans de Waal, que também participou da pesquisa, "o elefante entra para a elite cognitiva dos animais".

"Apesar de os elefantes serem muito mais distantes de nós do que os grandes primatas, eles parecem ter desenvolvido capacidades sociais e cognitivas semelhantes às nossas, entre elas os sistemas sociais complexos e a inteligência", disse Waal.

"Esses paralelos entre humanos e elefantes sugerem uma evolução cognitiva convergente, possivelmente relacionada à sociabilidade complexa e à cooperação."

Os elefantes analisados vivem no zoológico do Bronx, em Nova York.

 
 
(c) Steve Bloom/stevebloom.comFotografia
Elefantes são tema de livro; veja.
 
 
Elefante mecânicoElefante gigante
Veja vídeo de show nas ruas de Londres.
Veja
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Elefante colorido causa furor em exposição nos EUA
19 de setembro, 2006 | Cultura & Entretenimento
Elefantes indianos tomarão anticoncepcional
15 setembro, 2006 | BBC Report
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade