BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Cultura
Cultura
12 de fevereiro, 2002 - Publicado às 16h23 GMT
Emirados Árabes proíbem 'Harry Potter' nas escolas
Best-seller não deve ser retirado das livrarias
Best-seller não deve ser retirado das livrarias

O best-seller Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J.K. Rowling, foi proibido nas escolas particulares dos Emirados Árabes Unidos.

O Ministério da Educação e da Juventude tomou essa decisão por acreditar que a história é contrária aos valores islâmicos.

O correspondente da BBC em Dubai, nos Emirados Árabes, afirmou que o ministério examina as listas de leitura obrigatória de todas as escolas do país que têm alunos expatriados.

Segundo o correspondente, o ministério não tem planos de recolher os exemplares do best-seller das livrarias dos Emirados Árabes. Tanto Harry Potter e a Pedra Filosofal quanto os três outros títulos da série continuam à venda.

Lista proibida

O filme baseado no romance foi exibido nos cinemas de todo o país e se mostrou extremamente popular entre habitantes locais e estrangeiros.

Essa não foi a primeira vez que o país proibiu a leitura de histórias sobrenaturais, que geralmente causam polêmica em nações islâmicas.

Na lista de livros banidos nos Emirados Árabes está também A Revolução dos Bichos, de George Orwell. Trata-se de uma alegoria política em que porcos passam a se ver como seres superiores a outros animais, além de consumir bebidas alcoólicas.

Outra obra proibida é Uma Cidade para o Amor, de Nevil Shute. A protagonista da história lidera um grupo de mulheres em uma marcha pela Malásia durante a Segunda Guerra Mundial.

O país ainda baniu livros que tragam interpretações de fatos históricos consideradas falsas.

Mapas que mostram a palavra "Israel" no lugar de "Palestina" também foram censurados.
  [an error occurred while processing this directive]

BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC