Apesar de polêmica, galeria expõe trabalhos atribuídos a Mandela

A Janela, atribuída da Nelson Mandela (Galeria Belgravia, Londres)
Image caption Galeria diz que pesquisou proveniência das obras por dois anos

Uma galeria de arte em Londres afirmou que prosseguirá com uma exposição de obras atribuídas a Nelson Mandela apesar de advogados do líder sul-africano questionarem a autoria dos trabalhos.

A exposição "Mandela aos 91" - em referência à idade que Mandela completa nesta semana - reúne uma série de litografias que a diretora da galeria Belgravia, Anna Hunter, diz ter testemunhado Mandela assinar em 2002 e 2003.

As obras ilustram paisagens que marcaram Mandela na ilha de Robben, onde ele permaneceu 18 dos 27 anos em que ficou preso durante o regime do apartheid. Em parceria com o fotógrafo Grant Warren, Mandela revisitou a ilha e criou os desenhos em 2002 sob o olhar atento de uma professora de arte.

No entanto, o advogado de Mandela, Bally Chuene, disse na sexta-feira em Johanesburgo que o líder sul-africano "se distanciou" dos trabalhos que compõem a exposição.

"Ele não assinou essas obras de arte", disse o advogado, que pediu à galeria que desista "imediatamente" da mostra. "É importante dizer ao público que eles estão sendo enganados."

Nesta segunda-feira, a diretora da galeria, Anne Hunter, disse que não recebeu nenhuma comunicação dos advogados de Mandela e que a exposição será realizada normalmente.

Ela afirmou ter visto Mandela assinar os trabalhos em 2002 e 2003, quando as obras foram vendidas a artistas, celebridades e galerias de arte para levantar recursos para instituições de caridade nas áreas de educação e combate ao HIV/Aids.

Sabe-se que de lá para cá reproduções falsas dos trabalhos têm sido oferecidas a compradores, mas a galeria diz que suas peças, que alcançam até 15 mil libras (quase R$ 50 mil), são genuínas.

Hunter disse que passou quase dois anos pesquisando a proveniência dos trabalhos, inclusive consultando a professora de arte de Mandela e um especialista em caligrafia.

Notícias relacionadas