70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 30 de maio, 2006 - 20h30 GMT (17h30 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Batwoman vai retornar como lésbica
 
Batmulher
A última encarnação da última Batmulher foi assassinada em 1979
A heroína Batwoman vai reaparecer como uma socialite lésbica que namora uma policial nas revistas em quadrinhos 52, da DC Comics, de acordo com um porta-voz da editora.

Kathy Kane, o "verdadeiro" nome da Batwoman, tinha sido assassinada pela Liga dos Assassinos e o Tigre de Bronze em uma revistinha de setembro de 1979, mas voltará com uma mulher rica e refinada.

Na 52, ela vai reaparecer como uma lésbica que tem um romance com a ex-detetive Renee Montoya.

No mundo dessa revista americana, super-heróis tradicionais como Batman, Super-Homem e Mulher Maravilha já não existem.

A nova encarnação da Batmulher é mais um dos personagens de etnia e sexualidade variada que vêm entrando nas histórias da DC Comics.

Entre eles está o adolescente mexicano Besouro Azul, que substitui o antigo Besouro Branco, e os Great Ten, um grupo de super-heróis chineses patrocinados pelo governo.

Outros velhos conhecidos dos aficcionados dos quadrinhos, como o Firestorm e O Átomo, voltaram às histórias como um negro e um asiático, respectivamente.

 
 
Ivan Lessa
Fala da chegada dos novos super-heróis muçulmanos.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Editora manda galeria retirar imagens de Batman 'gay'
19 de agosto, 2005 | Cultura & Entretenimento
LINKS EXTERNOS
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade