Cobra no avião: mulher descobre píton na mala após voltar de viagem à Austrália

Cobra em sapato Direito de imagem Scottish SPCA
Image caption Animal foi recolhido e colocado em quarentena pelas autoridades

Quando Maria Boxall descobriu uma cobra dentro da mala ao voltar das férias na Austrália, ela achou que fosse uma "pegadinha" de algum membro de sua família.

Mas a escocesa percebeu bem rápido que não era uma brincadeira – quando ela tocou a cobra, o bicho se moveu.

Sem querer, ela havia levado o réptil na mala em um voo entre as cidades de Queensland, na Austrália, e Glasgow, na Escócia.

Boxall só descobriu o bicho, que se escondeu em um sapato, quando desfez as malas em casa.

Durante a viagem, a cobra havia trocado de pele, deixando a carcaça velha dentro do sapato.

Um parente de Boxall levou a cobra para o quintal e a manteve presa até a chegada de uma entidade de proteção aos animais, a SPCA.

"Quando chegamos, a cobra tinha sido presa, então, eu a removi da propriedade com facilidade", disse Taylor Johnstone, que trabalha com resgate na SPCA.

Serpente no avião

A cobra era uma píton malhada, que não é venenosa e não é considerada perigosa.

Direito de imagem Scottish SPCA
Image caption A cobra estava enroladinha dentro de um sapato

O genro de Boxall, Paul Airlie, contou a história da cobra viajante para um estação de rádio na Austrália.

Ele disse que a sogra mencionou ter visto uma cobra em seu quarto antes de voltar da viagem, mas achou que o animal tinha ido embora.

Direito de imagem Scottish SPCA
Image caption A cobra entrou na mala de Maria e passou muitas horas no avião

Como a espécie é natural da Austrália e não ocorre naturalmente na Escócia, ela não pode ser solta na natureza.

Segundo a SPCA, a cobra foi posta em quarentena em seu centro de resgate de animais em Edimburgo.

Após a quarentena, provavelmente ela ficará sob os cuidados de um zoológico.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas