BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 02 de março, 2004 - 13h40 GMT (10h40 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Ações da Interbrew caem com rumor de fusão com Ambev
 
cerveja
Fusão criaria a maior cervejaria do mundo
As ações da cervejaria belga Interbrew caíram 3% na Bolsa de Londres na manhã desta terça-feira com a notícia de que ela poderia comprar a Ambev.

Uma fusão das duas criaria a maior empresa do setor do mundo.

As duas empresas confirmaram que estão em negociações, embora existam relatos de que a Interbrew poderia apenas vender sua unidade na América Latina para a Ambev.

Segundo a coluna Lex do jornal Financial Times, qualquer negócio entre as duas que vá "além de um mero acordo de distribuição sinalizaria uma grande mudança estratégica para ambas".

Estratégia

A coluna explica que a Interbrew tem tentado "duramente convencer o mercado que a era de pagamentos excessivos (por outras empresas) acabou".

A Ambev, que está avaliada "em 3,9 vezes o valor de vendas no ano passado, dificilmente pode ser chamada de uma barganha", segundo o jornal.

De acordo com a coluna, a Ambev tem sido apontada como a "futura noiva favorita" na dança dos casamentos.

A América do Sul permanece "um dos mercados mais promissores" para cerveja e a Ambev já construiu uma marca admirável, diz a Lex.

"Mas não importa como você vê (o negócio), a Interbrew dificilmente parece ser o candidato mais provável", avalia a coluna.

O maior problema da Interbrew pode ser que ela dificilmente poderia montar uma oferta com credibilidade em dinheiro ou com ações, observa.

 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade