BBC HomepageBBC World ServicesBBC SportBBC EducationMY BBCRússiaEstôniaLetôniaLituâniaBelarusUcrâniaMoldáviaGeórgiaArmêniaAzerbaijãoTurcomenistãoUzbequistãoTadjiquistãoQuirguistãoCazaquistão
BBC
BBC Brasil  Primeira página | Especial
Dez anos do fim da União SoviéticaContagem RegressivaComo a vida mudou

CAZAQUISTÃO

Independência: 19 de dezembro de 1991

População: 15 milhões

Capital: Astana (deixou de ser Almaty de dezembro de 1998)

Presidente: Nursultan A. Nazarbayev (presidente do Soviete Supremo desde 22 de fevereiro de 1990, eleito presidente em 1º de dezembro de 1991)

OPINIÕES

Desde o colapso da URSS muitas coisas ruins me aconteceram. A principal foi que perdi meu emprego. A desculpa dada pelos meus chefes é que, já que todos os documentos no meu trabalho passariam a ser em cazaque, eu, que não sei a língua não poderia ficar lá. Eu estava pronta para aprender a língua, mas do ponto de vista dos meus chefes isso não importava. Depois, eu descobri que uma parente de um dos médicos-chefe havia sido contratada para me substituir. Agora, eu passo a maior parte do tempo em casa tentando encontrar formas de ganhar a vida. Por muito tempo meu marido estava desempregado. Agora, ele está trabalhando em dois empregos de meio-período sem estabilidade para tentar, de alguma forma, alimentar nossa família.

Svetlana Feifer, 45, ex-enfermeira


Não houve muitas mudanças - eu apenas envelheci. Cinco anos atrás eu estava desempregado. Depois tudo mudou e eu estou trabalhando na área para a qual fui treinado. Se meus filhos não me ajudassem, porém, seria pior. O salário de um construtor não é suficiente para cobrir todas as minhas despesas. Mas o que é extremamente desagradável é constatar a falta de lei e ordem nas ruas e o caos nas estruturas estatais. Os burocratas não têm tempo para ninguém a não ser eles mesmos e só se importam em forrar seus bolsos.

Alexander He, 55


Chegou o momento para pessoas pessoas ativas e com várias habilidades, como eu, por exemplo. Eu trabalho principalmente com projetos de publicidade e não há falta de demanda. Eu tento satisfazer os clientes, embora atualmente muitas pessoas não tenham bom gosto e educação. Eu tenho que fazer todo tipo de acordo - não posso me dar ao luxo de respeitar altos princípios morais. Estou feliz porque posso me alimentar bem e também alimentar bem o meu filho, mandá-lo a uma escola, ter computadores, ter atividades de lazer e viajar. Mas nós tentamos não ficar por aí nas ruas depois das 10 da noite - há crime em toda parte.

Yelena Sakenova, 32, produtora de televisão

Introdução 4. Lituânia 8. Geórgia 12. Uzbequistão
1. Rússia 5. Belarus 9. Armênia 13. Tadjiquistão
2. Estônia 6. Ucrânia 10. Azerbaijão 14. Quirguistão
3. Letônia 7. Moldávia 11. Turcomenistão 15. Cazaquistão


A food market in Cazaquistão
O Cazaquistão tem alto índice de desemprego

O Cazaquistão é um país imenso e etnicamente diversificado. Tem o tamanho da Europa ocidental e vastos recursos minerais.

Mas com sua infraestrutura obsoleta, alto desemprego e aumento de problemas sociais como o uso de drogas e de casos de Aids, a transição do comunismo para o capitalismo no Cazaquistão tem sido dolorosa.

O grande número de russos que foram viver na república centro-asiática também tem tido problemas para se adaptar à vida no país depois da independência. Manifestações nacionalistas começaram a ser sentidas no país no final dos anos 80, e o Soviete Supremo declarou soberania em outubro de 1990.

O presidente Nazarbayev está no poder desde fevereiro de 1990, vencendo duas eleições (uma delas como candidato único) e aumentando consideravelmente o poder em suas mãos.