Funcionários de zoológico matam gorila após garoto cair na jaula
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Funcionários de zoológico matam gorila após garoto cair na jaula

Funcionários de um zoológico em Cincinnati, nos Estados Unidos, tiveram de matar um gorila depois que um menino de 4 anos caiu em sua jaula.

O garoto, que caiu após subir na grade que separa o público do fosso onde fica o animal, foi agarrado pelo gorila. Em seguida, o animal para, e o menino fica olhando para o rosto dele.

O incidente ocorreu no sábado.

A direção do zoológico informou que decidiu atirar no animal, que se chamava Harambe e pesava cerca de 180 quilos, porque a situação era gravíssima e o garoto corria o risco de ser morto.

O menino, cuja identidade não foi revelada, está internado mas deve se recuperar em breve, segundo a equipe médica. Ele teria sido arrastado pelo gorila por cerca de 10 minutos.

“Foi uma decisão difícil mas acertada, porque a vida do garotinho estava em jogo. O desfecho podia ter sido bastante trágico”, disse Thane Maynard, diretor do zoológico.

Maynard disse que, mesmo sem estar sob ataque, o menino "com certeza corria um risco".

Ele afirmou ainda que o disparo de tranquilizantes não seria uma opção viável, já que o medicamento demora para fazer efeito.

O mesmo argumento foi usado pela direção de um zoológico no Chile, onde, na semana passada, dois leões foram mortos depois que um homem entrou na jaula dos animais, numa aparente tentativa de suicídio.

Tópicos relacionados