Balonista de 65 anos 'bate recorde' após completar voo solo ao redor do mundo em 11 dias

Balonista de 65 anos 'bate recorde' após completar voo solo ao redor do mundo em 11 dias

O balonista russo Fyodor Konyukhov bateu neste sábado o recorde de volta ao mundo mais rápida em balão de ar quente, segundo sua equipe.

Konyukhov pousou na cidade de Northam, na Austrália, onde sua viagem começou 11 dias e seis horas atrás.

Se o recorde for confirmado pela Federação Internacional de Esportes Aéreos, será superior ao do americano Steve Fossett, que completou o giro mundial em 13 dias e oito horas em 2002.

O roteiro do aventureiro de 65 anos incluiu Austrália, Nova Zelândia, o Oceano Pacífico, a América do Sul, o Cabo da Boa Esperança e o Oceano Antártico.

Segundo o site da viagem, na parte final Konyukhov foi empurrado por uma corrente polar para perto da Austrália.

“É assustador estar tão ao sul e longe da civilização”, disse o aventureiro, segundo o site. “Esse lugar parece muito solitário e remoto. Sem terra, sem aviões, sem navios.”

Ele viajou em um balão de 56 metros de altura, movido a hélio e ar quente.