Balonista de 65 anos 'bate recorde' após completar a volta ao mundo em 11 dias
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Balonista de 65 anos 'bate recorde' após completar voo solo ao redor do mundo em 11 dias

O balonista russo Fyodor Konyukhov bateu neste sábado o recorde de volta ao mundo mais rápida em balão de ar quente, segundo sua equipe.

Konyukhov pousou na cidade de Northam, na Austrália, onde sua viagem começou 11 dias e seis horas atrás.

Se o recorde for confirmado pela Federação Internacional de Esportes Aéreos, será superior ao do americano Steve Fossett, que completou o giro mundial em 13 dias e oito horas em 2002.

O roteiro do aventureiro de 65 anos incluiu Austrália, Nova Zelândia, o Oceano Pacífico, a América do Sul, o Cabo da Boa Esperança e o Oceano Antártico.

Segundo o site da viagem, na parte final Konyukhov foi empurrado por uma corrente polar para perto da Austrália.

“É assustador estar tão ao sul e longe da civilização”, disse o aventureiro, segundo o site. “Esse lugar parece muito solitário e remoto. Sem terra, sem aviões, sem navios.”

Ele viajou em um balão de 56 metros de altura, movido a hélio e ar quente.

Tópicos relacionados