O recorde de dois milênios que foi quebrado por Michael Phelps

Michael Phelps faz o número quatro com os dedos, indicando ser o único tetracampeão na mesma prova olímpica Direito de imagem Getty Images
Image caption Michael Phelps faz o número quatro com os dedos, indicando ser o único tetracampeão na mesma prova olímpica

Colecionador de medalhas e de feitos, o nadador Michael Phelps quebrou na quinta-feira um recorde olímpico de mais de 2 mil anos.

Ao vencer sua 13ª medalha de ouro em competições olímpicas individuais - no 200m medley individual -, o americano superou Leônidas de Rodes, um dos mais famosos atletas olímpicos da Antiguidade.

Leônidas competiu nos jogos de 164 a.C. e conquistou a coroa de louros em três corridas - o estádio (cerca de 180 metros), o diaulo (cerca do dobro do estádio) e na corrida hoplitódromo, na qual os participantes tinham que usar proteção nas pernas, elmo e escudo.

O atleta antigo repetiu o feito nas três Olimpíadas seguintes, de 160 a.C., 156 a.C. e depois em 152 a.C., quando já estava com 36 anos.

Ele era considerado o maior corredor olímpico de seu tempo, e chama a atenção o fato de ter mantido a forma física ao longo de 12 anos. Isso fazia dele motivo de orgulho entre seus compatriotas, segundo os registros históricos.

Direito de imagem Museu Britânico
Image caption Desenho de corredor em uma ânfora de 500 a.C. descoberta em Rodes

O recorde de Leônidas durou cerca de 2.160 anos, atravessando milênios, guerras e mudanças.

Até a chegada de Michael Phelps.

Além de 13 medalhas de ouro individual, o chamado "tubarão de Baltimore" coleciona ainda nove ouros em revezamentos - que ainda não existiam na Antiguidade -, sem contar duas pratas e dois bronzes.

Direito de imagem Marie-Lan Nguyen
Image caption Em algumas provas das Olimpíadas da Antiguidade, os atletas gregos competiam levando escudos, elmos e armaduras

Coleção de recordes

Na prova dos 200 m medley, Phelps superou o japonês Kosuke Hagino, que ficou em segundo, e o chinês Shun Wang, que ficou em terceiro. O brasileiro Thiago Pereira fez uma boa prova mas perdeu o ritmo e ficou em sétimo.

Ao vencer a competição, Phelps se torna também o primeiro nadador a vencer quatro vezes a mesma prova individual.

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas