Pokémon Go 'por trás' de 300 casos de polícia na Inglaterra e País de Gales

Celular mostrando Pokémon Direito de imagem EPA
Image caption Levantamento obtido pela BBC mostra casos de roubos, brigas e até confusão em cemitério envolvendo jogadores 'caçando' os personagens

Roubos, brigas e confusão em cemitérios: a Inglaterra e o País de Gales registraram, em um mês, 294 casos de polícia envolvendo jogo Pokémon Go.

Tanto representantes da polícia como da empresa responsável pelo game fizeram um apelo aos jogadores, para que obedeçam às leis ao sair para caçar os personagens.

Um levantamento obtido pela BBC mostrou que policiais estão tendo de lidar com queixas que variam do preocupante ao bizarro.

Em alguns casos, jogadores foram vítimas de crimes. Em outros, foram acusados de envolvimento em delitos.

Autoridades de Surrey, no sul da Inglaterra, disseram ter sido chamados para uma confusão que acabou descambando para briga entre 30 pessoas que jogavam Pokémon Go.

No País de Gales, policiais prenderam um homem que teria convidado crianças para irem caçar Pokémons na sua casa.

Em Cheshire, no oeste da Inglaterra, autoridades foram chamadas depois de um grupo de jovens ter supostamente pisoteado túmulos em um cemitério durante uma "caçada".

Direito de imagem Getty Images
Image caption Tanto representantes da polícia como da empresa responsável pelo game fizeram um apelo aos jogadores, para que eles obedeçam às leis ao sair para caçar os personagens

Em Manchester e em Londres, houve incidentes em que ladrões usaram o jogo como isca para atrair e distrair as vítimas, antes de roubar seus celulares.

Há muitos outros registros de roubos em que a vítima estava distraída jogando o aplicativo.

Autoridades também registraram incidentes em que crianças teriam atravessado ferrovias enquanto jogavam, e de motoristas flagrados usando o aplicativo ao dirigir.

Casos inusitados

Há vários incidentes em que não se revelam muitos detalhes como: "acidente de trânsito envolvendo Pokémon Go" ou "alguém que recebeu ofertas de favores sexuais".

Em Surrey, nove carros teriam parado em um cruzamento para capturar os monstrinhos.

Também há casos mais bizarros, como o de uma mulher que ligou para polícia por temer que pokémons entrassem em sua casa.

A maioria das forças policiais ouvidas pela BBC não especificou quantas prisões foram realizadas, já que em vários casos as investigações ainda estão em andamento.

Direito de imagem Getty Images
Image caption Há muitos casos de roubos contra pessoas que estavam jogando o game

O sargento Neil Dewson-Shmyth disse que os números são "preocupantes".

"Estamos cientes dos problemas que estão acontecendo na Grã-Bretanha e em outros países. Mas para mim, a mensagem principal é: não jogue enquanto estiver dirigindo. É um jogo divertido, mas jogue de forma segura e não ponha vidas em risco.'

Um porta-voz afirmou que a Niantic, empresa responsável pelo app, leva a sério a questão de "jogar seguro".

"Recomendamos prestar atenção ao entorno e jogar junto com amigos ou parentes, especialmente quando se está explorando lugares que não conhece", informou.

"Por favor, lembrem-se de se manterem em segurança e alertas o tempo todo. Não joguem ao dirigir, respeitem as leis e os locais que visitarem."