Ao fazer selfie de topless, estudante bate em carro da polícia no Texas

Miranda Rader (inset) and Wednesday's crash scene Direito de imagem Bryan Police Department
Image caption Miranda Rader enviava fotos de topless para o namorado quando seu veículo encontrou a traseira de uma viatura policial no Texas.

Uma estudante nos Estados Unidos bateu num carro de polícia enquanto tirava uma selfie de topless ao volante para enviar ao namorado.

O boletim de ocorrência feito pelo policial envolvido no incidente descreveu a cena assim:

"Perguntei a ela por que não estava vestida enquanto dirigia, e ela declarou que estava tirando uma foto para compartilhar via Snapchat com o seu namorado enquanto aguardava o sinal vermelho."

O acidente ocorreu em Bryan, cerca de 160 km de Houston, no Texas.

O policial atendia a uma ocorrência quando teve sua viatura abalroada na traseira pelo veículo de Miranda Rader, de 19 anos, uma estudante da Texas A&M University.

A batida acionou o air-bag do carro da estudante e, ao se aproximar do veículo, o policial notou que Rader estava com o sutiã solto e tentava vestir a sua blusa.

A estudante também levava uma garrafa de vinho aberta junto a si.

Rader, que relatou estar retornando ao seu dormitório na universidade, foi detida por suspeita de dirigir intoxicada e liberada no dia seguinte após pagar fiança de 2 mil dólares (cerca de R$ 6,3 mil).

Ninguém se feriu no acidente.

Tópicos relacionados