Não é só brasileiro Inri Cristo: fotógrafo registra homens que acreditam ser Jesus

Em seu novo livro, 'O Último Testamento', o fotógrafo norueguês Jonas Bendiksen registra homens que alegam ser a reencarnação de Jesus Cristo.

Foram dois anos viajando pelo mundo acompanhando o cotidiano deles e de seus seguidores, incluindo o do brasileiro Inri Cristo.

"Meu objetivo não era apontar quais desses homens é o verdadeiro 'Messias', mas, na verdade, ouvir tudo o que eles diziam como a mais absoluta verdade", conta Bendiksen à BBC.

"Quis tentar mostrar como eles veem o mundo, quais são as implicações para nós, para a humanidade, se essa pessoa realmente for Jesus Cristo", acrescenta.

Bendiksen explica ter seguido “alguns critérios” para selecionar quem fotografaria.

"Teriam que ser pessoas que já tivessem se assumido publicamente como 'Messias' e cuja revelação se estendia por um longo período de tempo, talvez décadas", explica.

"Elas também deveriam ter uma teologia como o próprio Jesus Cristo, ou seja, que já tivessem publicado escrituras", completa.

Para o fotógrafo, esses homens não são "doentes mentais, como os que você vê em hospícios...é algo diferente, mas não sei o quê", assinala.

Bendiksen também não acredita que os homens que acompanhou sejam “manipuladores”.

"Tive a impressão de que todos realmente acreditam que são a reencarnação de Jesus Cristo. Dos homens com quem me encontrei, acredito que eles querem o melhor para a humanidade", diz.

"Também acho que isso é um fardo para muitos deles, que eles só estão fazendo o que Deus lhes instruiu e o melhor para todos nós".

"Se você está fazendo isso para controlar as pessoas, então diria que há muito mais pessoas no mundo que fazem isso melhor do que eles", conclui.