O sistema de resfriamento que armazena o excedente de energia como gás liquefeito
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

O sistema de resfriamento que armazena o excedente de energia como gás liquefeito

Hoje, usamos muitas fontes de energia.

Mas um desafio que permanece é armazenar seu excedente e torná-lo disponível quando necessário.

Uma empresa britânica diz que está testando uma solução inovadora para o problema.

A tecnologia da Highview Power usa ar extremamente frio para armazenar energia.

“Trata-se de uma tecnologia singular; precisamos substituir tecnologias mais tradicionalmente estabelecidas no mercado”, diz Stuart Nelmes, diretor de engenharia da Highview Power Storage.

O objetivo é armazenar a energia na forma de gás liquefeito. Para isso, é necessário sugá-lo da atmosfera e resfriá-lo a menos 200 °C por meio de um processo industrial.

"Colocamos a substância em tanques de baixa pressão, onde a armazenamos. Quando precisamos de energia, pegamos esse líquido o bombeamos em alta pressão, adicionamos calor, e então o expandimos através de uma turbina que movimenta um gerador que coloca a eletricidade de volta à rede elétrica", explica.

A empresa planeja inaugurar a usina de operação em breve.

Tópicos relacionados