Astrônomos desvendam mistério da formação de dunas sem vento em Plutão
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

O fenômeno por trás da formação de dunas em Plutão, onde não há ventos fortes

Em janeiro de 2015, a Nasa enviou uma missão não-tripulada a Plutão, que descobriu montanhas e geleiras no planeta anão.

Mas algo estranho surpreendeu os cientistas: dunas.

Como elas teriam se formado sem ventos fortes, já que a atmosfera de Plutão é muito menos densa do que a da Terra?

Por meio de uma análise detalhada e modelos computacionais, os cientistas acreditam ter encontrado a resposta.

As dunas de Plutão se formam sobre uma calota de gelo do lado de uma cadeia de montanhas.

À medida que o nitrogênio sólido vira gás, partículas de metano são lançadas na atmosfera.

Uma vez suspensas no ar, ventos térmicos mantém esses pequenos grãos em movimento, ajudados pela fina atmosfera e pela baixa gravidade.

Quando essas partículas tocam o solo, outras acabam sendo lançadas no ar.

O fenômeno teria se iniciado há cerca de 500 mil anos.

Clique aqui para ler a reportagem completa.

Tópicos relacionados