É verdade que a comemoração da torcida do México na Copa do Mundo da Rússia provocou um terremoto?

Torcedores mexicanos comemoram a vitória do país em partida da Copa da Rússia Direito de imagem Getty Images
Image caption Torcedores foram às ruas celebrar a vitória de um a zero do México contra a Alemanha

Quem é apaixonado por futebol sabe como é a sensação: sentir o chão tremer – literalmente – quando seu time está em campo e a torcida eufórica pula toda ao mesmo tempo.

Mas será que os tremores de um estádio podem se reproduzir em uma escala bem maior quando uma nação inteira comemora a vitória da sua seleção em um jogo da Copa do Mundo?

O Instituto de Pesquisas Geológicas e Atmosféricas do México (IIGEA) diz que sim.

Em sua conta no Twitter, a entidade afirmou que os milhões de torcedores apaixonados fizeram a terra tremer a ponto de sensores de atividade sísmica captarem a movimentação.

Direito de imagem Tweeter
Image caption Instituto de Pesquisas Geológicas e Atmosféricas do México fez um tuíte sobre um tremor registrado no domingo

O post da agência na rede social afirma: "O tremor registrado na Cidade do México começou de forma artificial. Possivelmente por saltos massivos durante o gol da seleção do México no Mundial. Pelo menos dois sensores (sísmicos) na Cidade do México o detectaram às 11h32."

O horário do tremor apontado pelo IIGEA é exatamente sete segundos depois do gol marcado por Hirving Lozano aos 35 minutos do primeiro tempo.

Improvável

Mas entidades geológicas de outros países estão céticas.

Direito de imagem Getty Images
Image caption O México é uma região onde há muita atividade sísmica

"Eu já vi esse tipo de alegação feita muitas vezes, sobre os mais diversos eventos esportivos, mas acho difícil de acreditar", diz um sismólogo do USGS (Serviço Geológico dos Estados Unidos) à BBC.

De acordo com o USGS, "esse tipo de ocorrência é altamente improvável, mas é difícil confirmar ou negar sem ter todos os dados."

A dúvida não é sobre a terra ter tremido, mas sobre a razão. "É uma região em que há muita atividade sísmica."

Direito de imagem Getty Images
Image caption Sismógrafos são aparelhos usados para medir terremotos

Então, se a terra de fato tremeu depois do gol do México, foi uma coincidência?

Cientistas do Serviço Geológico Britânico também afirmam que a possibilidade de fãs começarem um pequeno terremoto "altamente improvável".

"Sismógrafos são muito sensíveis", diz um dos especialistas da entidade. "Eles gravam qualquer grande vibração." Mas isso não quer dizer que uma atividade de fãs eufóricos poderia chegar a causar um terremoto.

Problema de semântica

A fonte do desentendimento pode ser, na verdade, o termo usado por parte da mídia para descrever o que aconteceu na Cidade do México depois do gol.

De fato, o termo "terremoto" pode ser muito forte para usar nesse caso.

Direito de imagem Getty Images
Image caption O México teve uma vitória improvável contra a Alemanha no domingo

O diretor da agência geológica do México, Carlos Del Ángel, diz que houve "uma aceleração sísmica artificial", o que não é o mesmo que um terremoto, causado pelo movimento das placas tectônicas.

Ángel não tem dúvidas que houve "um tremor causado pela atividade humana". "Claro que foi imperceptível para o público em geral, foi apenas sentido pelo equipamento de medição."

E como eles podem ter tanta certeza que mexicanos pulando ativaram os sismógrafos, e não uma coincidência com alguma pequena atividade tectônica?

"Apenas dois aparelhos detectaram a movimentação", diz Ángel. "Um ao sul da cidade e outro no centro: perto das praças onde as pessoas estavam reunidas para assistir a partida."