5 pessoas que perdemos em 2018
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

5 pessoas que perdemos em 2018

O mundo perdeu, em 2018, figuras importantes nas áreas da política, ciência e artes.

Em fevereiro, a estrela de Bollywood Sri Devi morreu aos 54 anos vítima de afogamento acidental.

Devi revolucionou a indústria cinematográfica da Índia ao protagonizar 300 filmes em mais de cinco décadas.

Em março, o físico britânico Stephen Hawking morreu, aos 76 anos.

Ele foi conhecido por seu trabalho sobre os chamados buracos negros, uma região do espaço da qual nada, nem mesmo partículas que se movam na velocidade da luz, podem escapar.

Hawking viveu com uma doença neurogenerativa descoberta quando tinha 22 anos.

Em abril, a ativista antiapartheid Winnie Madikizela-Mandela morreu aos 81 anos.

Ela e o ex-marido, Nelson Mandela, tornaram-se um símbolo da luta contra a segregação racial na África do Sul.

No mesmo mês, o DJ sueco Avicii morreu, aos 28 anos.

Responsável por vários hits durante os últimos dez anos, ele sofria de pancreatite aguda, em parte devido ao consumo excessivo de álcool.

Em agosto, a cantora americana Aretha Franklin morreu, aos 76 anos. A ‘rainha do soul’ havia sido diagnosticada em 2010 com um tumor neuroendocrino pancreático, um tipo de câncer que afeta o pâncreas.

Ela venceu 18 prêmios Grammy ao longo de uma carreira musical que se estendeu por sete décadas.

Tópicos relacionados