Dia Mundial da Liberdade de Imprensa: as ameaças enfrentadas por jornalistas iranianos da BBC
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa: as ameaças enfrentadas por jornalistas iranianos da BBC

Na última década, autoridades iranianas realizaram campanhas de perseguição e intimidação e promoveram retaliações contra a equipe do serviço persa da BBC e suas famílias no Irã.

Uma pesquisa de 2017 apontou que 152 jornalistas iranianos da BBC já foram alvo de investigações criminais e tiveram seus bens congelados - ao menos 44 tiveram familiares ameaçados.

“Foi dito a uma das minhas irmãs: 'É uma questão de tempo. Vamos pegá-lo. Vamos trazê-lo de volta para o Irã e vamos esfolá-lo vivo'”, conta um jornalista da BBC.

“Faz 12 anos que visitei minha cidade, Teerã. Neste período, perdi minha irmã e minhas avós - e não pude vê-las uma última vez”, afirma outra jornalista.

No Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, por favor, compartilhe estes depoimentos. Una-se à ONU, à União Europeia e a outros ao redor do mundo para exigir um fim a estas violações de direitos humanos.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!