Escova de dentes normal ou elétrica: qual é a melhor?

capillos Direito de imagem Getty Images
Image caption A única maneira de evitar cáries e periodontite – uma infecção das gengivas – é com boa higiene bucal

Quem nunca se perguntou que tipo de escova de dentes é melhor para a saúde bucal: manual ou elétrica?

A questão é importante porque a cárie dentária e a periodontite – infecção das gengivas – são as doenças bucais mais comuns no mundo e podem até levar à perda de dentes.

Em ambas as doenças, a causa é o acúmulo de placas bacterianas, camadas incolores de bactérias e açúcares que aderem aos dentes. E a melhor maneira de se prevenir é uma boa higiene bucal, principalmente pela escovação dos dentes.

Então, voltando à pergunta original, o que é melhor para a higiene bucal, uma escova elétrica ou uma manual?

Vinai Pitchika e sua equipe na unidade de periodontologia da Universidade Médica de Greifswald, na Alemanha, monitoraram mais de 3 mil pessoas por 11 anos para avaliar cáries, doenças nas gengivas e taxas de perda dentária, avaliando o impacto de longo prazo do uso de escovas de dente elétricas e manuais.

Eles dizem que, para realmente evitar cáries e periodontite, é necessário ter um método adequado de escovar os dentes. "Muitas pessoas na idade adulta parecem não ter técnicas adequadas para escovar os dentes", diz o especialista.

"As escovas elétricas podem ajudar as pessoas a escovar melhor e realmente remover placas e ter uma melhor saúde bucal."

Direito de imagem Getty Images
Image caption Os preços das escovas elétricas podem variar de US $ 10 para modelos mais básicos, até US $ 150 ou mais, para pincéis que tenham todos os tipos de recursos

O problema é que muitas pessoas desconfiam das escovas elétricas porque, apesar de serem recomendadas por muitos profissionais, há muita propaganda das fabricantes em torno delas. E o preço podem ser bem mais alto que o das escovas manuais.

Os preços vão de R$ 30 para os modelos mais básicos a mais de R$ 600 para os que têm todos os tipos de "recursos". Isso tem impacto na saúde bucal?

"Quanto mais dinheiro você gasta em sua escova de dentes elétrica, mais recursos ela terá", diz o Dr. Pitchika. "Por exemplo, eles podem ter níveis de configurações de 'limpeza', 'vibração', 'pressão' ou informam quando parar de escovar. Mas tudo isso é realmente mais um luxo do que uma funcionalidade essencial."

No estudo, os pesquisadores descobriram que os participantes que usam escovas elétricas têm menos cáries, menos periodontite e menos perda dentária. "O que descobrimos é que estas pessoas não precisavam ter uma técnica adequada para escovar os dentes, porque a escova faz isso por eles", diz Pitchika.

"A melhor maneira de usar a escova elétrica, por mais básica que seja, é movê-la lentamente de um dente para outro. Mas você precisa se certificar de cobrir toda a superfície dos dentes."

Direito de imagem Getty Images
Image caption "Muitas pessoas na idade adulta parecem não ter técnicas adequadas para escovar os dentes"

Técnica adequada

Mesmo assim, existem algumas circunstâncias específicas em que pode ser mais conveniente usar uma escova manual.

Uma deles, por exemplo, é após uma cirurgia bucal, quando há pontos ou uma área dolorida. Nesse caso, uma escova manual com cerdas ultramacias permite uma escovação mais suave, na qual o usuário pode controlar a velocidade e o cuidado com o qual ele limpa a área sensível.

E, para aqueles que continuam a desconfiar dos modelos elétricos e preferem continuar usando as escovas manuais, qual a melhor técnica?

"A escova deve ser colocada em um ângulo de 45º em direção à interseção da gengiva e do dente e, então, você deve iniciar um movimento lento e curto, primeiro horizontalmente e, depois, verticalmente."

O especialista enfatiza que, assim, toda a superfície dos dentes serão atingidas: interna, externa, superior e inferior, para limpar não só o dente, mas também as superfícies entre cada dente e a intersecção entre a gengiva e o dente, onde a maioria das bactérias geralmente fica. "Demora algum tempo de prática para aperfeiçoar a técnica", diz Pitchika.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Tópicos relacionados