Polo Norte, EUA: como é crescer em um lugar onde é sempre Natal

Casa do Papai Noel em Polo Norte, Alasca Direito de imagem Getty Images
Image caption A Casa do Papai Noel se tornou uma atração popular durante todo o ano

Você sabe como chegar à casa do Papai Noel, né?

Siga pela via Papai Noel, claro, depois vire à direita e pegue a avenida São Nicolau, caminhando até a hamburgueria Wendy's.

Não são instruções muito comuns. Mas Polo Norte, no Alasca, também não é qualquer cidade.

Pergunte a Cody Meyer, um rapaz de 21 anos que cresceu em Polo Norte e hoje tabalha na Casa do Papai Noel.

Não o chame de duende, aliás. Ele já tem muito trabalho explicando onde vive quando faz novos amigos pela internet.

"Normalmente o que ouço é: 'Meu Deus, você é do Polo Norte! Sério?", conta Cody à BBC.

"As pessoas reagem: 'Isso é uma cidade de verdade?'. Aí eu tenho que mostrar a eles no Google - 'sim, sim, é uma cidade real'".

Direito de imagem Getty Images
Image caption Polo Norte tem a maior estátua de fibra de vidro do Papai Noel do mundo

A pequena cidade de Polo Norte tem uma população de 2.117 pessoas e fica a 2.700 quilômetros do Polo Norte real.

Mas, na Polo Norte dos EUA, você também encontrará renas pastando perto da via Boneco de Neve, luzes com formato de doces espalhadas por toda parte e, naturalmente, a maior escultura de fibra de vidro de Papai Noel do mundo.

Polo Norte fica a poucas horas de carro do Círculo Ártico. É uma atração turística popular e, claro, um o destino de todas as cartas recebidas pelo correio dos EUA com detinatário "Papai Noel, Polo Norte".

Estas cartas são repondidas por uma equipe de voluntários que trabalham na base área de Eielson, que fica na região.

"Papai Noel é um homem ocupado, então tenho certeza que ele gosta dessa ajuda", diz Mitzi Wilcox, uma piloto que vive em Polo Norte há dois anos.

Ela conta que a experiência é única: "Quantas pessoas podem dizer que vivem no Polo Norte? A gente responde cartas de crianças do mundo todo. Eu me lembro de escrever minhas cartas ao papai Noel e imagino quão feliz teria ficado se um dia ele tivesse respondido".

Image caption Mitzi responde a cartas endereçadas ao Papai Noel vindas de vários lugares todo o mundo

Nesta época do ano, no entanto, não existe muito "dia" em Polo Norte.

"Normalmente, o sol nasce entre 11h da manhã e meio dia na época mais escura do inverno", conta Cody. "E se põe por volta das três. Então você tem em torno de 4 horas de luz."

"Luzes artificiais que simulam a luz solar e vitaminas são altamente recomendadas nessa época pela falta de sol", conta Mitzi.

E quando o asssunto é o frio?

Bom, ele pode chegar a -25°C em dezembro.

"Eu basicamente me encho de camadas", ela conta, dizendo que "o inverno pode parecer longo, mas estando tão ao norte, nós também conseguimos ver as auroras boreais".

Direito de imagem Getty Images
Image caption Turistas vão a Polo Norte para ver as famosas luzes do norte ou auroras boreais

E como é sair para uma noitada em Polo Norte?

De acordo com Cody, curtir ao ar livre ajuda.

"A gente vai esquiar e pescar no gelo", ele conta.

Mas será que viver em um clima constante de Natal não tira a novidade dessa época?

Dois anos em Polo Norte, definitivamente, não acabaram com o clima festivo de Mitzi: "Natal é a minha época favorita no ano".

Cody concorda. "Eu amo", ele conta. "Eu devo ficar aqui por um longo tempo. Se não por toda a vida."

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas