Polícia diz já não ter esperanças de encontrar vivo menino de 2 anos arrastado por jacaré em Orlando

Buscas policiais Direito de imagem EPA
Image caption O incidente ocorreu perto do Grand Floridian resort e 50 policiais participam das buscas

A polícia do Estado americano da Flórida está realizando uma megaoperação de buscas por um menino de dois anos arrastado para a água por um jacaré próximo a um resort da Disney, em Orlando.

O menino estava na margem da Lagoa dos Sete Mares, vizinha ao Disney Grand Floridian Resort and Spa quando foi atacado pelo réptil na noite de terça-feira, segundo informaram as autoridades.

O pai do menino entrou na água e tentou salvar o menino, mas não conseguiu, contou o xerife Jerry Demings.

As buscas envolvem 50 policiais e especialistas em vida selvagem - a polícia da Flórida já afirmou, porém, não ter mais esperanças de encontrar a criança com vida.

"Nós sabemos que, neste momento, estamos trabalhando para recuperar o corpo do menino", afirmou Jeff Williamson, porta-voz do escritório do xerife do condado de Orange.

"Em nome de todos que estão envolvidos nesse esforço, digo que nosso objetivo final é dar à família um desfecho, recuperando (o corpo) de seu ente amado", acrescentou.

Direito de imagem Getty Images
Image caption Vinte e duas pessoas morreram em ataques de jacaré na Flórida desde 1948

A família com três crianças vinha do Estado do Nebraska e estava descansando na beira da lago quando o incidente ocorreu.

O Grand Floridian é resort de luxo de propriedade da Disney e fica localizado perto do parque Magic Kingdom.

Um porta-voz disse que a empresa está "devastada" pelo incidente.

Jacarés vivem em todo a Flórida, habitando pântanos, manguezais e lagoas da região, mas segundo especialistas em vida selvagem apenas 22 pessoas morreram em ataques no Estado desde 1948.

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas