Falcoaria, arremesso de ossos e luta em cavalos: As provas disputadas na 'olimpíada' dos nômades
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Falcoaria, arremesso de ossos e luta em cavalos: As provas da 'olimpíada' dos nômades

A Olimpíada e a recém-inaugurada Paralimpíada do Rio são o auge para muitos esportistas das modalidades mais populares no planeta.

Mas, para competidores de esportes tradicionais da Ásia, como falcoaria, luta sobre cavalos e arremesso de ossos, o centro do mundo atualmente é o Quirguistão – onde acontece até esta quinta-feira a segunda edição dos Jogos Mundiais Nômades.

Atletas de mais de 50 países participam da competição, que visa preservar a tradição e a cultura nômade da Ásia Central.

Entre as delegações participantes há desde as que cultivam história nômade, como Turcomenistão e Paquistão, até outras mais conhecidas por seu desempenho na Olimpíada tradicional, como Itália, Rússia e Estados Unidos.

Tópicos relacionados