Militares se preparam para batalhar com Estado Islâmico e livrar Mosul no domínio de extremistas
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Iraque se prepara para enfrentar Estado Islâmico e tentar liberar Mosul de extremistas

As Forças Armadas iraquianas se preparam para a batalha que tentará expulsar o grupo extremista autodenominado Estado Islâmico (EI) de Mosul e tentar retomar o controle da cidade até o final do ano.

O EI controla a cidade de mais de 1 milhão de habitantes há dois anos e a considera a capital do califado que diz ter criado no norte do país e em partes da Síria.

Há relatos, segundo a Reuters, de que a população da cidade enfrenta um drama humanitário, vivendo sob as rígidas regras sociais do EI, com pouco acesso a comida e diante de um aumento descontrolado de preços de bens e serviços.

Aviões iraquianos estão lançando folhetos sobre Mosul para pedir que seus habitantes se afastem de bases dos extremistas e busquem abrigo.

Trata-se de uma batalha muito importante, pois a vitória do EI em sua investida sobre a cidade foi o ponto de virada do grupo em sua cruzada para assumir o domínio da região.

Perder Mosul seria uma derrota de igual dimensão.