De vendedor de chá a modelo: como foto mudou a vida de paquistanês

Direito de imagem Javeria Ali
Image caption Arshad Khan vende chá em uma tradicional feira de domingo em Islamabad

A vida de um chai wala (vendedor de chá) paquistanês mudou na noite para o dia após seu retrato ser publicado na internet.

Arshad Khan, de 18 anos, foi fotografado por Javeria Ali servindo a bebida em um mercado de domingo tradicional de Islamabad, capital do país asiático. Ela publicou a foto em 14 de outubro com a legenda: "Chá quente".

A imagem foi compartilhada milhares de vezes por paquistaneses nas redes sociais. Khan fez sucesso até mesmo na vizinha Índia, país com o qual o Paquistão já travou quatro guerras e com que, atualmente, vive uma crise diplomática por conta da disputa do território da Caxemira.

Os comentários destacam a beleza do jovem, em especial seus olhos azuis "penetrantes", fazendo com que a hashtag #ChaiWala chegasse ao topo da lista de assuntos mais comentados do Twitter.

Dias depois, ele apareceu em sua primeira campanha como modelo. A loja online de roupas Fitin.pk, de Islamabad, se apressou para contratá-lo.

Uma mensagem na página de Facebook da marca diz: "Chai wala não é mais chai wala, é wala da moda!"

Direito de imagem Fitin.pk
Image caption A loja online de roupas Fitin.pk contratou Khan como modelo

Em entrevista a uma emissora local, Khan disse que sua família vive na cidade há 25 anos e que ele trabalha na tenda de chá há apenas alguns meses. O jovem nem sequer conhecia os aplicativos Instagram e Twitter antes da fama repentina.

O jornal paquistanês Express Tribune publicou reportagem em que relatou a busca pelo vendedor até encontrá-lo em seu posto de trabalho e questioná-lo se estava ciente de sua fama global.

"Sim, estou e fico incrivelmente feliz. Meus amigos estavam me mostrando as fotos nesta manhã", respondeu.

Direito de imagem Javeria Ali
Image caption Javeria "Jiah" Ali (dir.) fez a foto que lançou Khan à fama: 'Moças, achei ele', disse ela em um post no Instagram

Muitos comentários publicados no Twitter faziam alusão ainda à tensão entre Paquistão e Índia. Um deles partiu da usuária indiana @Shruti_writes, que fez um pedido de paz em nome do vendedor: "#ChaiWala vive no Paquistão. Por favor, não o bombardeiem".

Índia e Paquistão travam uma disputa pelo controle da Caxemira, província no extremo noroeste do subcontinente indiano, desde 1947, quando chegou ao fim o domínio britânico sobre os indianos, com a criação das duas nações.

No episódio mais recente do conflito, o governo paquistanês vem sendo muito criticado por indianos após militantes matarem 19 soldados da Índia na Caxemira. A Índia culpou o Paquistão por dar abrigo aos militantes, uma acusação que Islamabad rechaça.

Protestos pediram que atores paquistaneses fossem banidos de Bollywood, a indústria cinematográfica indiana, e grupos de direita indianos ameaçaram interferir na estreia de uma comédia romântica estrelada pelo paquistanês Fawad Khan.

Tal repercusssão da foto surpreendeu sua autora. "Não esperava que ele ficasse famoso. Para mim, era uma postagem casual e normal", disse Javeria à BBC.

Formada recentemente em Comunicação, ela fotografa casamentos e outros eventos em Islamabad e diz estar encantada com Khan.

"Fico feliz por ele, porque é merecido. É um rapaz incrível. Espero que consiga lidar com a fama e não seja explorado por pessoas interesseiras."

Direito de imagem Twitter
Image caption Um usuário do Twitter, Michael Kugelman, escreveu: 'Claramente as tensões entre Índia e Paquistão arrefeceram; um belo vendedor de chá de Islamabad está no topo dos assuntos mais falados na região (e no mundo!)'; a autora da foto respondeu: "Tentando tornar esse mundo um lugar mais feliz. Uma foto por vez'

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas