Jornalista brasileiro que sobreviveu ao acidente aéreo na Colômbia reconheceu a família

Rafael Henzel chega ao hospital Direito de imagem LUIS EDUARDO NORIEGA A.
Image caption O jornalista Rafael Henzel se recupera na UTI do hospital San Juan de Dios, na cidade de La Ceja. Ele recebeu a visita da família e deve ser desentubado hoje.

O jornalista brasileiro Rafael Henzel, da rádio Oeste Capital de Chapecó, deve ser desentubado ainda hoje, com a presença da família, que chegou na noite de quarta-feira à Colômbia. Ele abriu os olhos e tentou se comunicar com os parentes.

Henzel e o zagueiro Hélio Neto estão internados na UTI do hospital San Juan de Dios, na cidade de La Ceja, vizinha a Medellín. Ambos respiram com a ajuda de aparelhos.

Um primo de Henzel, Roger, contou que a família foi direto do aeroporto para o hospital, onde também visitou o jogador Neto.

Direito de imagem LUIS ACOSTA
Image caption O zagueiro Neto também recebeu a visita da família do jornalista Rafael Henzel. Os dois estão na UTI do mesmo hospital, na cidade de La Ceja.

O jornalista estava acordado, de olhos abertos e reconheceu os parentes.

"Ele apertava a nossa mão e tentava falar, mas está entubado", disse, na porta do hospital.

Os médicos pediram à família que esteja no hospital, nesta quinta-feira, para tranquilizar Henzel no momento em que o tubo que o ajuda a respirar for retirado. Ele não poderá falar logo depois de ser desentubado.

O jornalista sofreu um trauma torácico e fraturou uma perna. O estado dele havia sido classificado pelos médicos como crítico, com "perspectivas otimistas".

Também sobreviveram ao acidente os jogadores Alan Ruschel, o goleiro Jackson Follmann, o técnico de voo Erwin Tumiri e a comissária de bordo Ximena Suarez.

Direito de imagem Reuters
Image caption Crianças das divisões de base da Chapecoense participaram da homenagem que reuniu cerca de 20 mil pessoas na Arena Condá, sede do clube. Muitas choravam durante a volta olímpica no campo.

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas