Bebê sequestrada em hospital dos EUA é encontrada após 18 anos

Kamiyah Mobley e Gloria Williams Direito de imagem Polícia de Jacksonville
Image caption Kamiyah Mobley quando bebê e a mulher presa por seu sequestro, Gloria Williams

Uma bebê sequestrada em 1998 dentro de um hospital da Flórida, nos Estados Unidos, foi encontrada agora, de acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira pela polícia da cidade de Jacksonville.

Segundo o policial Mike Williams, Kamiyah Mobley nasceu no dia 10 de junho daquele ano e tinha poucos dias de vida quando foi sequestrada do University Medical Center.

Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que uma mulher deixou o centro médico levando a bebê.

Após uma investigação que teve mais de duas mil pistas, a polícia de Jacksonville confirmou ter encontrado a menina "viva e passando bem" na cidade de Walterboro, na Carolina do Sul.

Direito de imagem Polícia de Jacksonville
Image caption O policial disse que a investigação teve mais de 2 mil pistas

Um teste de DNA confirmou a identidade da menina, que usa outro nome não divulgado pelas autoridades.

"Ela parece ser uma mulher de 18 anos normal e saudável", diz a polícia.

A identidade da jovem será preservada para que ela tenha tempo para lidar com a descoberta. "Imaginem a gravidade do que ela acabou de descobrir", afirmou Williams durante o anúncio.

Ainda de acordo com os policiais, a mãe biológica, Shanara Mobley, está "extasiada" com a notícia.

A mulher responsável por rapto, Gloria Williams, de 51 anos, é agora acusada de sequestro pela Justiça americana. Ela criou a menina como se fosse a mãe natural.

Segundo a polícia, ela se disfarçou de enfermeira e retirou a menina da sala alegando que precisava verificar a temperatura do bebê. Depois, deixou o hospital com a criança.

"Não víamos um caso como esse aqui nos Estados Unidos há muitos anos e é algo com que estamos aprendendo a lidar", disse Williams.

Notícias relacionadas