'Meu penteado me deixou careca': a rapper britânica com alopecia por tração

Paigey Cakey Direito de imagem Paigey Cakey
Image caption Rapper britânica disse que prendia seu cabelo com muita força e ainda usava gel

Paigey Cakey, uma rapper do norte de Londres, tinha 18 anos quando começou a notar que seu cabelo estava caindo.

Na faculdade, a jovem usava penteados muito apertados e com um gel forte que, segundo ela, pressionava indevidamente os folículos capilares.

Há três anos, a situação piorou e ela chegou a usar rímel para esconder as áreas calvas que estavam aparecendo do lado direito de sua cabeça - uma decorrência da chamada alopecia por tração.

Em novembro de 2017, depois de muita pesquisa, ela fez um transplante de cabelo. "Eu me sentia vulnerável, mas agora me sinto empoderada", diz ela.

Hoje com 25 anos, Paigey contou sua história no documentário do Newsbeat, canal da BBC para jovens, Too Young To Go Bald (Jovem Demais para ficar Careca, em tradução livre).

Ela afirma que estava mentindo para si mesma nos anos em que se via perdendo o cabelo e que estava "tentando se encaixar na sociedade" escondendo as áreas calvas da cabeça.

Direito de imagem Paigey Cakey
Image caption A alopecia por tração pode ser causada quando o cabelo é puxado muito firmemente por penteados como fileiras de milho, alongamentos, dreadlocks ou até mesmo rabos de cavalo

"Eu estava usando géis realmente fortes, que eram como um concreto no meu cabelo. Eu estava na faculdade, então eu queria ter uma boa aparência".

A alopecia por tração é causada pela tensão exagerada que alguns penteados geram sobre os cabelos - em geral, tranças (também chamadas de cornrows ou "fileiras de milho"), alongamentos, dreadlocks e até rabos de cavalo muito esticados.

Pode ser ainda pior quando eles são feitos com alisantes de cabelo.

Inicialmente, Paigey preferiu ignorar o que estava acontecendo, mas, com o passar do tempo, teve que começar a esconder a queda de cabelo quando percebeu que os fios não cresciam de volta.

Ninguém sabia que tinha partes sem cabelo, pois ela usava camadas de rímel e gel para colorir, reaplicando constantemente.

"Eu sempre carregava pelo menos dois rímeis porque, se eu perdesse um, precisaria ter outro", disse.

Em novembro, Paigey fez um transplante de cabelo e revelou a extensão de sua queda de cabelo em seu canal no YouTube.

Direito de imagem Paigey Cakey
Image caption Rapper viajou para a Turquia para fazer cirurgia para substituir 3.400 folículos capilares

Ela viajou para a Turquia, onde o procedimento é geralmente mais barato do que o Reino Unido, para ter 3,4 mil folículos capilares substituídos.

Os transplantes capilares geralmente não estão disponíveis no Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, sua sigla em inglês) e podem custar entre 1.000 e 30.000 libras - ou de R$ 4,5 mil a R$ 135 mil.

Paigey conta que o transplante em si foi indolor, mas diz que as injeções para adormecer partes de sua cabeça foram as "piores dores" que ela já sentiu.

Imediatamente após o procedimento, ela pensou que tinha cometido um grande erro: sua cabeça estava inchada - "duas vezes maior que o seu tamanho normal" - e coberta por "pontos de sangue".

"Eu me perguntava o que tinha feito. Mas, com o passar das semanas, comecei a me sentir muito melhor e pude ver o cabelo surgir."

Ela diz que sua perda de cabelo fez com que ela reavaliasse como vê sua imagem, dizendo que ela carregava o estigma de que "cabelo é beleza".

"Beleza é o seu interior, é a sua personalidade e o que brilha de dentro para fora."

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas