Presidente Nicolás Maduro foi alvo de atentado mas passa bem, dizem autoridades venezuelanas

Nicolás Maduro Direito de imagem AFP
Image caption O presidente discursava numa cerimônia pública quando teve de ser retirado às pressas do local, dizem autoridades

Autoridades venezuelanas afirmaram que drones com explosivos foram lançados enquanto o presidente Nicolás Maduro proferia um discurso televisionado na capital do país, Caracas, na tarde deste sábado. O líder venezuelano não se feriu.

Segundo o ministro das Comunicações do país, Jorge Rodriguez, trata-se de um atentado contra a vida do presidente. Sete soldados venezuelanos ficaram feridos no ataque.

Filmagem da TV local mostra Maduro discursando em uma solenidade militar ao ar livre - de repente, ele interrompe a fala e olha para cima assustado, assim como outros presentes. O áudio então é interrompido.

Direito de imagem AFP
Image caption Forças de segurança inspecionam um prédio que teria sofrido danos com as explosões

"Às 17h41 (hora local) ocorreram detonações de artefatos voadores do tipo drone, com carga explosiva", informou o porta-voz.

Dúzias de soldados são vistos deixando o local correndo antes que a transmissão fosse interrompida. O evento era uma comemoração ao aniversário de 81 anos da Guarda Nacional Bolivariana - um dos quatro corpos das Forças Armadas do país.

"O presidente se dirigirá mais tarde à nação", disse Rodríguez. Ele reforçou que Maduro está em "perfeito estado de saúde".

Depois, em pronunciamento, Maduro culpou a Colômbia por "instigar o ataque". O governo colombiano negou e disse que trata-se de uma "acusação sem base". Já o ministro das Comunicações da Venezuela acusou a "oposição de direita" de orquestrar o atentado.

"Depois de perder no voto, eles falharam de novo", afirmou Rodriguez, em referência à eleição presidencial de maio que reelegeu Maduro.

"Um objeto voador explodiu perto de mim. Alguns secundos depois, houve uma nova explosão", disse Maduro, no pronunciamento que fez à nação.

O temor é que o governo venezuelano use o incidente para perseguir com violência toda e qualquer oposição.

Este texto está sendo atualizado e mais informações estarão disponíveis em breve.

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas