Secretário britânico é afastado após remover manifestante à força de evento
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Secretário britânico é afastado após remover manifestante à força de evento

O secretário de Relações Exteriores do Reino Unido foi afastado após remover à força uma manifestante de um evento.

Mark Field participava de um jantar de gala na Mansion House, em Londres, com convidados ilustres.

Ativistas invadiram o local e interromperam um discurso do secretário do Tesouro Philip Hammond para exigir medidas de combate às mudanças climáticas.

Field agarrou então a manifestante Janet Barker quando ela passava ao seu lado e a empurrou contra uma coluna. Depois, colocou a mão atrás de seu pescoço e a obrigou a deixar o salão.

Ele afirmou depois em entrevista à emissora ITV News que os convidados haviam “se sentido ameaçados” e que “reagiu instintivamente”, porque não havia seguranças presentes ali e temeu que a ativista pudesse estar armada.

Um vídeo gravado neste momento foi amplamente compartilhado nas redes sociais.

Políticos do Partilho Trabalhista, de oposição ao atual governo do Partido Conservador, pediram que ele fosse demitido. O Greenpeace disse ter ficado chocado com a “agressão”.

O secretário se desculpou pela forma como agiu, mas foi suspenso enquanto o caso estiver sendo investigado.

Um porta-voz do governo disse que a primeira-ministra Theresa May havia visto as imagens e considerado o incidente “muito preocupante”.

No mês passado, Field havia tuitado em apoio de ativistas mulheres e dito que o Reino Unido garantiria sua liberdade de expressão.