Por que o Muro de Berlim foi construído?
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Por que o Muro de Berlim foi construído?

O Muro de Berlim não dividiu só a capital alemã, mas duas ideologias antagônicas por quase 30 anos.

Sua queda é um dos eventos mais significativos do século 20.

Mas por que essa barreira de concreto reforçado foi erguida?

Começou assim: depois de vencer a 2ª Guerra Mundial, EUA, França, Reino Unido e União Soviética concordaram em dividir a Alemanha, derrotada.

Berlim permaneceu sob controle soviético. Mas, por ser a capital, também foi dividida.

Os países capitalistas ficaram com o oeste, enquanto que os soviéticos, com o leste.

E, então, a Guerra Fria começou.

No oeste, surgiu a República Federal da Alemanha, enquanto no leste, foi criada a República Democrática Alemã, que se tornaria um dos muitos estados-satélite da União Soviética.

Berlim era o enclave capitalista no bloco oriental. Com o tempo, isso se tornou um problema para os comunistas. Serviços secretos dos EUA e do Reino Unido atuavam ali.

Entre 1949 e 1961, mais de 2,5 milhões de pessoas fugiram do leste para o oeste, em busca de uma nova vida.

Para impedir isso, as autoridades comunistas determinaram a construção do muro que dividia a cidade.

Então, na noite de 13 de agosto de 1961, em poucas horas, o muro de Berlim foi erguido.

Esta barreira cresceria ao longo dos anos para 3,5 m de altura e seria reforçada com cabos de aço.

O muro se estendia por 155 km ao redor de Berlim Ocidental.

Mais de 5 mil berlinenses do leste conseguiram fugir, mas muitos morreram ou foram presos.

Tópicos relacionados