Drone mostra fila enorme por máscaras na Coreia do Sul
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Coronavírus: drone mostra fila enorme por máscaras na Coreia do Sul

Um drone capturou imagens de centenas de sul-coreanos fazendo fila para adquirir máscaras em Daegu, um dos epicentros do surto de coronavírus no país.

A Coreia do Sul tem o maior número de casos Covid-19 fora da China, com mais de 760 pessoas infectadas.

Um grande número deles está dentro ou perto de Daegu, a quarta maior cidade sul-coreana.

Um grupo religioso local foi identificado como um "viveiro" de coronavírus, segundo autoridades, em meio a um aumento acentuado de casos confirmados.

De acordo com números divulgados nesta quinta-feira (20/02), pelo menos 30 pessoas infectadas são membros da filial da Igreja Shincheonji em Daegu, que soma cerca de 2,5 milhõesde habitantes.

A Shincheonji, que foi acusada de ser um culto, informou ter fechado sua filial em Daegu e afirmou que serviços em outras regiões seriam conduzidos pela internet ou em sessões individuais, em residências, para evitar a disseminação da doença.

O prefeito da cidade descreveu a situação atual como uma "crise sem precedentes" e instou as pessoas da cidade a não saírem de casa.

Os comandantes de uma base militar americana também impuseram restrições de acesso ao local, informou a agência de notícias AFP.