'Isso não é a peste negra; não é como se não tivéssemos ideia do que está matando as pessoas', diz Harari

Yuval Noah Harari
Legenda da foto,

'Não é a Idade Média. Não é a peste negra. Não é como se as pessoas estivessem morrendo e não tivéssemos ideia do que as está matando e o que pode ser feito sobre isso', diz Harari.

Que tipo de sociedade surgirá desta pandemia? Os países estarão mais unidos ou mais isolados? Ferramentas de vigilância serão usadas para proteger ou oprimir os cidadãos?

As escolhas que estamos fazendo para combater a covid-19 moldarão nosso mundo nos próximos anos, afirma o historiador israelense Yuval Noah Harari, autor de Sapiens: Uma Breve História da Humanidade.

Em uma entrevista ao programa Newshour da BBC, o escritor trouxe reflexões sobre os desafios diante de nós.

"A crise nos obriga a tomar decisões muito importantes e tomá-las rapidamente. Mas temos opções."

'Questão política'

"Talvez as duas opções mais importantes sejam: se enfrentamos esta crise por meio do isolamento nacionalista ou se enfrentamos através da cooperação e solidariedade internacionais", afirmou. "Em segundo lugar, dentro de um país, as opções são tentarmos superar a crise por meio de controle e vigilância totalitário e centralizado, ou por meio da solidariedade social e do empoderamento dos cidadãos", acrescentou.