BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Iraque Pos Guerra
Guerra no Iraque
18 de abril, 2003 - Publicado às 01h48 GMT
Empresa dos EUA fatura contrato para reconstruir Iraque
Usinas elétricas do Iraque serão reconstruídas
Usinas elétricas do Iraque serão reconstruídas

A empreiteira americana Bechtel venceu a concorrência e irá ser responsável pelo maior contrato de reconstrução da infra-estrutura do Iraque.

O contrato, no valor de US$ 34,6 milhões, é o quinto a ser fechado pela Agência Internacional de Desenvolvimento dos Estados Unidos (USAIDS, na sigla em inglês).

Pelo compromisso assumido pela Bechtel, a empresa ficará encarregada, a princípio, da restauração de usinas de geração de energia e de redes de transmissão, além de sistemas de distribuição de água e de coleta de esgotos.

O contrato, no entanto, poderá ser estendido para até US$ 680 milhões pelos próximos 18 meses, com a empresa ficando a cargo também da reconstrução de escolas, hospitais e prédios do governo.

Controvérsia

O analista da BBC Stephen Evans disse que a concorrência milionária foi cercada de controvérsia.

Isso porque apenas empresas americanas foram aceitas pela USAIDS na concorrência. Além disso, o processo foi feito com as companhias candidatas apresentando lances secretos.


Soldados americanos tentaram minimizar danos a instalações elétricas durante a guerra
Ainda segundo Evans, Bechter também tem ligações estreitas com o Partido Republicano, do presidente George W. Bush.

Apesar disso, o analista acredita que a empreiteira é bem qualificada para a tarefa que tem pela frente, especialmente a construção de usinas de energia e redes de distribuição de água.

Conhecimento do terreno

A Bechtel também tem um retrospecto de obras no Iraque e, na época da Guerra do Golfo (1991), realizava a construção de um complexo petroquímico a cerca de 100 km ao sul de Bagdá.

Mais de cem funcionários da empresa e suas famílias estavam no Iraque trabalhando no projeto, mas foram retirados do país antes do início do conflito.

A empreiteira também construiu uma represa no norte do Iraque, perto da fronteira com a Turquia, durante os anos 80 e 90.

Segundo a USAID, a Bechtel deve terceirizar várias das obras previstas no novo contrato que acabou de lhe ser concedido.

A Halliburton, empreiteira do vice-presidente Dick Cheney, não participou da concorrência com a Bechtel, mas já recebeu um contrato para a restauração de usinas de extração de petróleo iraquianas.


Clique aqui para ler outras notícias sobre a guerra no Iraque
 
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias do dia por e-mail.
   FÓRUM
Qual será o futuro do Iraque sem Saddam? Dê a sua opinião.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.





Notícias relacionadas:
17 de abril, 2003
  Britânicos dizem que Basra está mais segura
17 de abril, 2003
  Iraquianos continuam isolados do mundo
16 de abril, 2003
  Iraquianos tentam encontrar prisioneiros em escombros
13 de abril, 2003
  Curdos anunciam prisão de meio-irmão de Saddam Hussein
14 de abril, 2003
  EUA intensificam combate a saques em Bagdá
Links externos:
Comando Central dos Estados Unidos (em inglês)
Bechtel (em inglês)
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC