Raro diamante azul

Player

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

Um raro diamante azul, de 7,03 quilates, poderá quebrar o recorde de diamante mais caro do mundo quando for leiloado no próximo dia 12 de maio, em Genebra.

Menor do que uma moeda de um centavo, seu preço é estimado entre US$ 5,8 milhões (cerca de R$ 12,9milhões) e US$ 8,5 milhões (cerca de R$ 19 milhões) pela casa de leilões Sotheby's.

A pedra foi encontrada no ano passado, na mina Cullinan, na África do Sul, e está em exposição na Sotheby's de Londres até terça-feira. Ele foi cortado de um diamante bruto de 26,58 quilates.

Da mesma mina saiu o diamante Grande Estrela da África, de 530 quilates, que está entre as jóias da coroa britânica.

Os leiloeiros afirmam que apesar do atual clima econômico, há bastante interesse de potenciais compradores de vários países.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.