Papa defende Estado palestino

Player

Você precisa da versão correta do Flash Player para ter acesso a este conteúdo

Baixar a versão correta

Executar formatos alternativos de arquivos multimídia

O papa Bento 16 desembarcou no aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv, nesta segunda-feira.

Ele faz sua primeira visita a Israel e aos territórios palestinos e foi recebido pelo primeiro-ministro israelense, Benjamim Netaniahu, e pelo presidente do país, Shimon Peres.

Ainda no aeroporto, o papa Bento fez um apelo pela criação de um Estado palestino independente.

O papa endereçou o apelo a todos os responsáveis por encontrar uma solução para as dificuldades atuais, para que "ambos os povos possam viver em seus países em paz, com segurança e fronteiras reconhecidas internacionalmente".

O papa também pediu que fosse honrada a memória dos 6 milhões de vítimas do Holocausto judeu, usando a palavra em hebreu para o episódio, Shoa.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.