Empresário faz móveis com madeira descartada

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Com o passar dos anos, o empresário moveleiro Gedeon Rodrigues de Rondon do Pará, percebeu que conseguir madeira para fazer seus móveis foi ficando mais difícil e mais caro.

Foi aí que Rodrigues teve a ideia de buscar uma nova maneira de se sustentar e ainda ajudar a preservar a mata: usar os restos de madeira, que iriam virar carvão, para fazer móveis.

Entre as peças que ele produziu está uma mesa feita com uma tora que estava prestes a ser descartada porque era muito pequena para um aproveitamento comercial.

"Na hora que eu vi aquela tora caída, imediatamente peguei, criei e usei nesse tampo de mesa. É uma peça única, mesmo que eu quisesse nunca conseguiria fazer outra igual, porque foi a natureza quem me deu", diz Gedeon.

"O pessoal de outras regiões que vem aqui se encanta com esses móveis, mas quem é daqui não liga tanto. As pessoas na nossa região estão acostumadas a ver essa matéria-prima só como lixo, como algo pra virar carvão".

Gedeon já produzia na cidade móveis de modelos tradicionais – como os encontrados em qualquer loja de móveis pelo Brasil afora – mas percebeu que, na hora do almoço na fábrica, todos os seus funcionários queriam se sentar em um grande banco rústico, feito com uma tora que ia para o lixo.

"Foi aí que eu tive a ideia de aproveitar esses resíduos pra trabalhar", conta.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.